Por sugestão de Rafael Motta, Câmara dos Deputados estuda ampliar programas de inclusão

A Mesa Diretora da Câmara deu parecer favorável à sugestão do deputado federal Rafael Motta (PSB/RN) para ampliação do programa de inclusão de pessoas com Síndrome de Down no quadro de servidores. O requerimento foi protocolado ainda em 2015, no primeiro ano de mandato de Rafael.

Em 2017, enquanto exercia o cargo de Secretário da Juventude da Casa, o parlamentar firmou acordo com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) para a contratação dos primeiros contratados do programa Câmara Inclusiva.

Agora, a Primeira Secretária da Câmara dos Deputados, Soraya Santos (PL/RJ) solicitou que o corpo técnico da Casa realize um estudo informando quais áreas podem ampliar os programas de inclusão e quais as adaptações serão necessárias. Com os dados em mãos, a medida será votada pelo conjunto dos deputados no plenário.

“Pessoas com deficiência física ou intelectual tem talentos e capacidades que acrescentam muito no ambiente de trabalho. É importante que o Legislativo seja pioneiro e estimulador da inclusão para que esses cidadãos tenham uma vida plena”, comemora Rafael.

Deputado Rafael Motta - Foto: Fábio Barros
Deputado Rafael Motta – Foto: Fábio Barros