Prefeitura de Parnamirim poderá demitir servidores e vereadores demonstram preocupação

As recentes declarações do prefeito de Parnamirim, Maurício Marques (PDT), sobre a possibilidade de decretar novas demissões no Executivo devido à crise financeira gerada principalmente pela queda nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) repercutiu na Câmara Municipal de Parnamirim (CMP).

O debate foi iniciado pelo vereador Gildásio Figueiredo (PSDB). Para ele, o discurso do prefeito mudou radicalmente ao longo deste ano. “Há um ano, na fala do prefeito, Parnamirim era uma cidade rica que tinha arrecadação própria e não precisava de governo do Estado ou Federal. Hoje, o prefeito vai para a televisão e diz que o Município caiu em desgraça”, contou.

Em aparte, o vereador Valério Felipe (PDT) lembrou que a crise econômica atinge não apenas o município de Parnamirim, mas todos os Estados e municípios do país. Ele disse ainda que é necessário realizar um estudo para encontrar soluções. “É possível sentar com a equipe econômica da Prefeitura para fazer um estudo da situação e propor contenções de despesas que atinjam o mínimo possível o setor pessoal”, esclareceu.