A Revista Época que está nas bancas deste o sábado (29), mostra que a JBS movimentou 1,1 bilhão de reais em propinas entre 2006 e 2017, com repasses a diversos políticos.

De acordo com a Época, a JBS tem se preparado para entregar uma série de documentos e evidências sobre as irregularidades à PGR como prova de crimes descritos em delação premiada por executivos da companhia.

Entre os beneficiários aparece o Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD):

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.