O Rio Grande do Norte volta a ganhar força, visibilidade e prestígio nacional, com Rogério Marinho sendo Ministro do Desenvolvimento Regional.

Protagonismo…que já teve um dia.

Com Aluízio Alves, que foi Ministro da Administração e depois Ministro da Integração.

Também por Dinarte Mariz, senador influente nacionalmente que foi e participe das altas rodas políticas brasileiras.

O ex-senador Fernando Bezerra, nomeado em 19 de julho de 1999 para o cargo de Ministro da Integração Nacional no Governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC), ficando até 20 de junho de 2001. Foi líder no Senado dos Governos FHC e Lula.

Depois, Garibaldi Alves Filho teve com a projeção nacional, ao conquistar a Presidência do Senado Federal e em seguida o cargo de Ministro da Previdência.

O ex-deputado Henrique Eduardo Alves figurou nacionalmente como líder do PMDB na Câmara, presidente da Câmara dos Deputados e duas vezes como Ministro do Turismo.

Teve também o ex-senador José Agripino Maia, que foi um líder político nacional de voz ativa, líder do então PFL e depois presidente nacional do DEM.

E mais recente…Rogério Marinho depois de ser relator da Reforma Trabalhista na Câmara dos Deputados, foi nomeado Secretário Especial da Previdência e hoje assume o Ministério do Desenvolvimento Regional.

No caso de Rogério, uma semelhança com Garibaldi e Henrique. Foi ministro, após perder a eleição de deputado federal em 2018. Garibaldi, foi destaque nacional sendo eleito presidente do Senado, quando perdeu a disputa pelo Governo do RN para Wilma de Faria. E Henrique Alves só foi ministro, depois que não conseguiu se eleger governador do RN em 2014.