A vereadora de Natal, Sargento Regina (PDT), não será cassada.

Apesar do voto do relator da Comissão de Ética da Câmara, Heráclito Noé (PPS), ter sido favorável a cassação de Regina, os outros dois membros da comissão, Maurício Gurgel (PHS) e Bispo Francisco de Assis (PSB), optaram por deixar Regina com mandato.

A vereadora receberá apenas uma advertência por escrito.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.