Estado

Policiais Civis aprovam paralisação no dia 24 e cobram diálogo com Governo do RN

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte se reuniram em Assembleia Geral, na manhã desta sexta-feira (19), e decidiram por uma paralisação de 24 horas a ser realizada na próxima quarta-feira, dia 24 de julho. A categoria, ao invés de ir para as delegacias, irá se concentrar em frente à Governadoria, no Centro Administrativo.

De acordo com o presidente do SINPOL-RN, Nilton Arruda, os Policiais Civis cobram diálogo com Governo do Estado e andamento da pauta de reivindicações.

Outro ponto da pauta de reivindicações dos Policiais Civis é referente aos salários atrasados.

“Antes, havia a promessa de antecipação dos royalties para que os atrasados pudessem ser quitados. Agora, o Governo desistiu dessa antecipação. Ou seja, os servidores estão sem perspectivas e vendo suas dívidas geradas pelos atrasos se acumularem”, comenta Nilton Arruda.

Estado

PF passa a atuar junto ao Governo do RN no combate ao crime organizado

O Governo do Estado e a Polícia Federal vão trabalhar em conjunto no combate ao crime organizado no Rio Grande do Norte.

O principal ponto do acordo de cooperação técnica assinado nesta quinta-feira (18) pelo Governo, representado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), e a Superintendência da Polícia Federal no RN é a criação de uma força-tarefa para o enfrentamento às organizações criminosas.

A força-tarefa agirá no combate a diversos crimes no RN, desde o tráfico de drogas nacional e internacional até a lavagem de dinheiro, com uma ação conjunta envolvendo as polícias Militar e Civil sob a coordenação da Polícia Federal.

A chefe do Executivo estadual assinou o documento em conjunto com o vice-governador Antenor Roberto, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Araújo, a superintendente da PF no RN, delegada Tânia Fogaça, o comandante da PM-RN, coronel Alarico Azevedo, e a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva.

Foto: Elisa Elsie

Estado

Governo Federal entrega ao RN equipamentos para Segurança

O Estado do Rio Grande do Norte recebeu ontem (03), R$ 2 milhões em equipamentos oriundos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Foram entregues cinco viaturas, sendo três pick ups e dois micro-ônibus, 36 armas e 20.273 munições letais, 193 armas e 3.536 munições não letais, além de equipamentos tecnológicos e de proteção individual.

A cerimônia realizada em Brasília teve a presença do vice-presidente da República, General Mourão, do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, do Secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Coronel Francisco Araújo e do Comandante Geral da PM, Coronel Alarico.

Coronel Araújo e Mourão

Coronel Araújo e Mourão

Estado

Governo desmarca reunião com Adepol

Depois de saber que o Governo do Estado cancelou a realização do tão esperado concurso da Polícia Civil, a Adepol foi surpreendida hoje com outra notícia negativa: uma reunião que estava marcada para acontecer na próxima quarta-feira (dia 10)  entre o Governo e a associação foi adiada para data e horário não aprazados.

A ADEPOL lamenta a forma como o Governo vem tratando a entidade e a Polícia  que mais realizou prisões neste ano no estado, segundo dados da própria Secretaria de Segurança Pública.

Estado

Governo anuncia redução de 30% na violência

A criminalidade e violência no Rio Grande do Norte apresenta uma redução de 30%.

Os dados foram apresentados nesta terça-feira, 02 pela governadora Fátima Bezerra em entrevista coletiva realizada no auditório da Governadoria, ao lado do Secretário de Segurança, Coronel Araújo.

O relatório referente ao primeiro semestre de 2019 sobre os casos de violência e criminalidade foi produzido pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine) vinculada à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

Foto: Elisa Elsie

Foto: Elisa Elsie

Estado

Número de assassinatos no feriado de Corpus Christi é o menor desde 2015

Dados estatísticos divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine), da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), nesta segunda-feira (24), apontam que, em 2019, houve a maior redução no número de ocorrências de Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI) no período do feriado de Corpus Christi desde o ano de 2015.

De acordo com as informações da Coine, no período do feriado em 2019, ocorrido do dia 20 a 23 de junho, foram registradas 14 ocorrências de CVLIs, uma redução de 54% quando comparado ao ano anterior, 2018, quando ocorreram 31 registros. Em relação aos anos anteriores, o índice de 2019 também é superior. A Coine informa que em 2017 foram registrados 24 CVLIs, em 2016 foram 26, e em 2015 o número mais aproximado ao atual, quando se teve o registro de 15 ocorrências.

Política

Senado aprova projeto que anula decreto que flexibiliza posse e porte de arma

O Senado rejeitou nesta terça-feira (18), por 47 votos a 28, um decreto assinado em maio pelo presidente Jair Bolsonaro, que busca flexibilizar a posse e o porte de armas no Brasil.

O Plenário aprovou o projeto de decreto legislativo (PDL 233/2019), de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que torna sem efeito o regulamento.

O Decreto 9.785, de 2019, autoriza a concessão de porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições disponíveis anualmente a cada proprietário de arma de fogo.

O PDL segue agora para votação na Câmara dos Deputados.

Outros seis projetos de decreto legislativo estavam apensados a PDL 233/2019 e foram arquivados, todos contrários ao decreto que regulamentava o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003). As proposições foram apresentadas pelos senadores Eliziane Gama (Cidadania-MA), Fabiano Contarato (Rede-ES), Humberto Costa (PT-PE), Jaques Wagner (PT-BA), Jean Paul Prates (PT-RN), Paulo Paim (PT-RS), Paulo Rocha (PT-PA), Rogério Carvalho (PT-SE) e Zenaide Maia (Pros-RN).

O líder do governo no Senado, senador Major Olimpio (PSL-SP), afirmou que a primeira medida de ditadores ao longo da história é sempre desarmar a população. Ele disse que há dez milhões de armas ilegais no país e cinco milhões legais.

O senador Jaques Wagner (PT-RJ) defendeu a anulação do decreto presidencial pelo Congresso. Para ele, não é verdade que armar a população comum vai diminuir a violência ou aumentar a segurança.

Por sua vez, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que inconstitucional era o PDL, não o decreto do presidente da República. Segundo ele, o Estatuto do Desarmamento delega a regulamentação de diversos pontos. Para o senador, o decreto dá mais segurança jurídica para que produtores rurais defendam suas propriedades.

Estado

Policiais e bombeiros finalizam paralisação, mas podem retomar em julho se acordo não for cumprido

Após toda a segunda-feira (17) mobilizados em frente à Governadoria, e mais de cinco horas de negociação com a equipe do Governo, os policiais e bombeiros militares acataram a proposta do Executivo e voltaram ao trabalho nesta terça-feira (18).

Contudo, continuarão atentos aos cumprimentos dos prazos estabelecidos no acordo.

“Os militares estaduais retornam às ruas, mas vigilantes a tudo o que o Governo propôs. Caso não seja cumprido, voltaremos aqui quantas vezes forem necessárias caso o Governo insista em desrespeitar aquilo que está pactuando”, frisa o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN).

O compromisso firmado é que o Governo encaminhe Projeto de Lei à Assembleia Legislativa até setembro de 2019, com a proposta de atualização salarial – contendo os percentuais e a forma como vai conceder esses percentuais. Os militares calculam uma perda de 60,48% ao longo dos últimos cinco anos.

Segundo o Governo, as folhas em atraso (salários de dezembro e 13° de 2018) deverão ser pagas ainda em 2019, mantendo o compromisso de priorizar os servidores da Segurança Pública nos pagamentos dos atrasados e ao recebimento de verbas extras.

O Governo também deve implantar, no mês de julho, todas as promoções e níveis remuneratórios que foram publicadas e estão em atraso. De acordo com o subtenente Eliabe Marques, há mais de três mil policiais promovidos e que não estão recebendo de acordo com o posto e graduação. “Se o Governo não cumprir este compromisso, nós retornaremos à paralisação”, sustenta o presidente da ASSPMBMRN.

imagem_release_1766456

Política

Com paralisação da PM, Prefeito monta força-tarefa para Segurança em Natal

A paralisação da Polícia Militar não deixou o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB) na inércia.

Com o objetivo de manter a Segurança para os natalenses, Dias criou um gabinete de força-tarefa para auxiliar a Segurança Pública em Natal.

Mesmo sendo a Segurança…um dever do Estado, como diz a constituição.

A força-tarefa é comandada pelo próprio prefeito e tem a participação do Secretário de Governo, Paulo César Medeiros; da Secretária Municipal de Segurança Pública, Sheila de Freitas e da Secretária de Mobilidade, Elequicina Santos.

Estado

Falta de diálogo da governadora com PM causa espanto

É de causar assombro a falta de diálogo da governadora Fátima Bezerra (PT) com a categoria de Policiais e Bombeiros Militares, que estão paralisados, desde o início da manhã desta segunda-feira (17).

Fátima tem origem sindical.

Sabe bem como funciona a relação de categorias com Governo.

Agora, se encontrando do outro lado do balcão, não pode deixar de liderar o diálogo com os representantes dos servidores.

Estado

Policiais e bombeiros param as atividades nesta segunda-feira (17)

Em mais um encontro, o Governo do Estado não apresentou propostas concretas em relação à atualização do salário dos policiais e bombeiros militares do RN. A reunião aconteceu nesta sexta-feira (14) entre os representantes dos militares e os secretários de Planejamento e Finanças, e de Administração.

Dessa forma, a mobilização marcada para esta segunda-feira (17) está confirmada. No dia, os militares estaduais se apresentarão às 8h em frente à Governadoria.

De acordo com o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), “tentamos de todas as formas, porém o Governo continua resistindo com a alegação da crise fiscal, mas que só existe para alguns setores”, expõe.

Política

Fátima faz reunião com Poderes sobre Segurança

A governadora Fátima Bezerra se reuniu, nesta quinta-feira (6), na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), com representantes dos órgãos que fazem parte do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) para detalhar as medidas que foram tomadas nos últimos dias em relação ao sistema prisional do Estado e a segurança pública e mobilizar todas as instituições de maneira preventiva.

“Deixamos claro para a sociedade a responsabilidade de chamar os demais poderes e instituições para que juntos cada um possa fazer seu papel para garantir a tranquilidade e a segurança do povo do Rio Grande do Norte”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Participaram, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira; o vice-presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador Virgílio Macêdo Júnior; o procurador geral de Justiça do RN, promotor Eudo Rodrigues Leite e ainda integrantes das forças de segurança do Estado, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Defensoria Pública do Estado, Exército Brasileiro, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Ordem dos Advogados do Brasil.

Segurança

Estado

Lei de iniciativa que beneficia agentes de segurança é regulamentada

O Executivo Estadual publicou em diário oficial, no último sábado (1), a regulamentação da Lei nº 10.180, que concede isenção de ICMS na compra de armas de fogo para policiais civis e militares, agentes penitenciários e guardas municipais. De autoria dos deputados Nelter Queiroz (MDB) e Kelps Lima (SDD), a legislação concede o benefício aos profissionais que usam a arma de fogo como instrumento de trabalho no âmbito do Rio Grande do Norte.

“É importante que nossos agentes tenham armas novas, pois fazem parte do conjunto de servidores que nos protege. Interessa à sociedade que esses profissionais portem armamentos adequados”, avalia Kelps.

Para o deputado Nelter, “esses profissionais estão investidos na responsabilidade de seus ofícios 24 horas por dia. Mesmo de folga, são obrigados a agir quando se deparam com situações de criminalidade contra um cidadão. Portanto, trata-se de um relevante benefício aos agentes de segurança”, explica o parlamentar.

Estado

Militares estaduais decidem pela interrupção das atividades a partir do dia 17 de junho

Os policiais e bombeiros militares de Natal, praças e oficiais, deliberaram por unanimidade, em Assembleia Geral Unificada nesta sexta-feira (31), a interrupção das atividades a partir do dia 17 de junho.

A reivindicação principal é a atualização salarial e os pagamentos das folhas salariais em atraso.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), o déficit salarial dos militares atualmente chega a 60,49%. Ele explica que a categoria não recebe ao menos a reposição inflacionária há cinco anos.

Além disto, os militares do RN possuem o pior salário inicial da Federação na carreira policial, e uma diferença extrema entre as demais forças de segurança.

Estado

Militares estaduais discutem mobilização

Os policiais e bombeiros militares de Natal, praças e oficiais, se reunirão em Assembleia Geral Unificada nesta sexta-feira (31), às 15h, no Clube Tiradentes.

Como pauta prioritária está a atualização salarial e os mecanismos para reivindicação do pleito.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), o déficit salarial atualmente chega a 60,49%.

Em Assembleias realizadas durante toda a semana passada pelo interior do estado, foi aprovada uma interrupção de atividades prevista para o dia 17 de junho, restando ainda a aprovação final da categoria da capital potiguar para a efetivação. Os dirigentes de associações de praças e oficiais se reuniram com militares estaduais das regiões de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros e Mossoró.

Estado

Bandidos explodem carro-forte e tocam fogo em caminhão e ônibus no Seridó

Os bandidos agiram fortemente no final da manhã desta terça-feira (28), na Região do Seridó, mais precisamente na RN-089, entre os municípios de Ouro Branco e Jardim do Seridó.

A quadrilha planejou todo o crime.

Colocou um caminhão parado na pista, para abordar um carro-forte, que foram explodidos.

Grampos foram colocados na saída de Caicó para dificultar a chegada da Polícia Militar.

Para impedir a chegada da PM, os bandidos ainda tocaram fogo em um micro-ônibus.

Foto: Redação da Tribuna do Norte

Foto: Redação da Tribuna do Norte

Diversos

Bandidos arrombam sede da Amico levando prontuário e exames de crianças cardiopatas

A sede da Associação Amigos do Coração da Criança (Amico-RN), localizada no Bairro de Lagoa Nova, foi arrombada na madrugada desta quinta-feira (23).

Os bandidos causaram cenas de destruição, quando arrombaram portas e danificaram.

Levaram três notbooks, duas CPUs, 4 Smart tvs 43 e o mais grave: todos os exames e os cadastros de todas as nossas crianças, com os respectivos históricos médicos.

Um absurdo!

“Muito abalados com tudo, nos sentimos extremamente impotentes mas na certeza de que essa será apenas uma queda para que possamos nos levantar cada vez mais fortes”, diz a Amico em nota.

Caso alguém veja ou saiba desses objetos, pelo menos os PCs e CPUs que abrigam as informações dos pacientes, entrar em contato pelo 3206-1941.

Amico

Amico 2

Estado

Militares estaduais realizam série de assembleias em todo o RN

Inicia nesta terça-feira (21) uma série de assembleias dos policiais e bombeiros militares em todo o Rio Grande do Norte.

A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), juntamente com as demais entidades representativas dos praças e oficiais militares estaduais, estarão se reunindo com os profissionais locados nas proximidades de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros e Mossoró entre os próximos dias 21 e 24.

Na semana seguinte, no dia 31, haverá a assembleia final, em Natal.

Nas reuniões serão abordados os seguintes temas: atualização do subsídio, pagamento das folhas em atraso, pagamento das promoções já efetivadas (abril, agosto e dezembro de 2018), efetivação das promoções referentes a 21 de abril e atualização dos níveis remuneratórios.