O Tribunal de Contas do Estado vai fazer uma auditoria na emissão das licenças ambientais expedidas pelo Instituto de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Estado (IDEMA).  A Auditoria Operacional busca um diagnóstico atualizado do modelo adotado pelo estado na concessão e fiscalização das licenças emitidas.

“É uma auditoria de resultados, onde se avalia a gestão da atividade no governo”, explica o presidente da Segunda Câmara, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, responsável pelo requerimento da auditoria, apresentado na sessão plenária da última terça-feira (16).  Informa, ainda, que a medida é inédita no estado e a primeira realizada pelo Órgão nessa modalidade.

O próximo passo será a designação do relator e a nomeação dos técnicos responsáveis pela auditoria.