Essa pergunta merece ser esclarecida.

Quando ninguém nesse Estado sabia quem era João Maia, Wilma o entregou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o então deputado Vivaldo Costa, a Presidência Estadual do então PL, hoje PR.

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB), tem esse e mais alguns argumentos para cobrar o apoio do deputado federal João Maia (PR), a sua candidatura ao Senado, mas o principal, que são obras na cidade natal de João Maia, ela não tem.

Jardim de Piranhas não sabe enxergar uma benfeitoria feita pelo Estado, nos últimos 7 anos e 3 meses. Exatamente o período em que Wilma esteve à frente do Governo.

Diferentemente de Jucurutu (por exemplo), terra natal do deputado Nelter Queiroz (PMDB), onde a ex-governadora ‘derramou’ um mar de obras.