Um email aos assinantes do The Intercept, o site do polêmico jornalista americano Glenn Greenwald, que desmistificou a força tarefa da Lava Jato, divulgando diálogos a partir de material hackeado deixando claro razões políticas e pouco republicanas dos cabeças da Operação INFORMA:

Essa é uma história que só esta redação conhece e achamos que era hora de tudo isso vir a público. Convidamos a jornalista Letícia Duarte, escritora talentosa e premiada que vive em Nova York, para contar com detalhes os bastidores das reportagens que sacudiram o Brasil. Letícia fez uma excelente pesquisa e uma série de entrevistas e reconstruiu cada passo que demos naqueles meses eletrizantes. A história está deliciosa e tem de tudo: desavenças, medo, muita apuração e dedicação, uma redação tombando por gripe, uma jornalista viajando às pressas para os Estados Unidos com a mochila cheia de arquivos!

Decidimos fazer esse livro no ano passado, e durante o processo incluímos duas histórias inéditas. Eu não vou falar muito sobre elas para não estragar a surpresa. Mas uma é sobre o namoro entre a Lava Jato e a Rede Globo e a outra conta os bastidores do dia da condução coercitiva do ex-presidente Lula. São reportagens que foram preparadas especialmente para o livro, com áudios e mensagens totalmente inéditos.

O livro que entra em pré-venda hoje foi todo produzido pelo Intercept de maneira independente, com os préstimos mais do que especiais da editora Mórula.

Acreditamos que a #VazaJato tem valor histórico e merece o registro. Mas essa publicação aconteceu também porque sua venda é uma maneira de gerar renda para nossa redação. O lucro dos livros vendidos não irá para o bolso de ninguém, ele voltará para o Intercept e será reinvestido em jornalismo. É assim que nossa roda gira.

Comentários do Site

Deixe um comentário