20 de fevereiro de 2024
Política

Henrique diz que Fátima é uma mulher honesta e trabalhadora, mas aponta erro da governadora: “não buscar unir o RN”

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, ex-ministro e deputado federal por 11 vezes, Henrique Eduardo Alves concede uma longa entrevista neste final de semana ao Agora RN.

Avaliou a governadora Fátima Bezerra (PT) reconhecendo várias virtudes e também um erro:

“Fátima faz um grande esforço. É uma mulher honesta, honrada, trabalhadora, tem uma bela história de vida. Mas eu acho que o erro de Fátima é não buscar a unidade do Rio Grande do Norte. É dever do governador fazer isso, ela não pode ir a Brasília com um ou dois deputados embaixo do braço, ambos do PT, porque eu acho que isso enfraquece. As pessoas pensam que é por vaidade, mas é muito importante achar uma unidade. A governadora ganhou a eleição. Parabéns! Mas no exercício da função ela tem que se unir aos demais, tem que fazer a força do Estado maior. Quando eu vou a Brasília eu não vou falar com ministros, eu vou falar com meus amigos de uma vida, de uma história que eu tenho, eu vou tratar dos interesses do RN naquilo que eu posso, sem mandato, ajudar. Em relação aos recursos do PAC, o RN é o penúltimo estado brasileiro beneficiado, só fica na frente da Paraíba. E quando vêm os quatros estados do Nordeste governados pelo PT, o RN é o último. Por quê? O presidente Lula não gosta de Fátima? Gosta, admira, mas falta essa força que ela sozinha não representa.”

Tomaz Silva/Agência Brasil

One thought on “Henrique diz que Fátima é uma mulher honesta e trabalhadora, mas aponta erro da governadora: “não buscar unir o RN”

  • claudio Gadelha

    falou tudo, parabens deputado

Fechado para comentários.