21 de junho de 2024
Política

Carlos Eduardo responde por que se arrependeu de voltar em Bolsonaro

O pré-candidato ao Senado, Carlos Eduardo (PDT) iniciou uma bate-papo em suas redes sociais e começou logo por um tema, digamos, espinhoso; seu voto em Jair Bolsonaro em 2018. 

Ele enfrentou dizendo: 

Eu votei, apoiei, dei um voto de confiança, mas me decepcionei.

Eu não me identifico com o Governo dele e fiz essa revisão desde o início quando vi que ele estava despreparado para o exercício da presidência da República.

Estamos numa inflação aí de dois dígitos, na energia, nos combustíveis, custo de vida.

Foi um desastre na pandemia.  Eu não vi o presidente visitar ninguém num hospital.

Só vi fazendo motociata por aí. Pra onde você olha é retrocesso;Educação,  Cultura, Meio Ambiente. É tudo retrocesso.  Nós precisamos mudar esta realidade. 

TL COMENTA 

O discurso do ex-prefeito de Natal soa como música para os aliados do PT e cia, mas já para a sua base na capital é uma verdadeira punhalada. 

Eis o X da questão da campanha do Senado em 2022; se o risco é calculado em trocar a base fiel que o fez prefeito reeleito, inclusive como anti-PT ou surfar na onda que o Nordeste tem aversão ao Bolsoarismo e com ele seu principal adversário, o ex-ministro Rogério Marinho (PL). 

Aliás, Marinho continuará sendo o grande adversário de Carlos Eduardo? 

One thought on “Carlos Eduardo responde por que se arrependeu de voltar em Bolsonaro

  • José

    O Camarada Carlos não passa de um oportunista de ocasião, naquele tempo vendia a alma ao diabo para vencer Fátima e hoje cospe no prato que comeu, ele e Andréia esquecem que, enquanto, dava apoio a Bolsonaro, o nosso Presidente nunca pediu voto para ele, já conhecia a sua vida de escorpião. Camarada, tenha vergonha, só te compra quem não te conhece, você é a escoria da política, pior do que estas misturado hoje. Tu és um sujo!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *