22 de fevereiro de 2024
Nota

No Rio, Lula esquece promessa de pacificação e chama Bolsonaro de maluco, desgraçado, aloprado, ignorante

O presidente Lula discursou nesta terça-feira em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, durante o anúncio de investimentos em saúde e educação na região.

Acompanhado por ministros do governo e aliados políticos, o  petista distribuiu insultos contra Jair Bolsonaro.

Ao criticar a gestão do ex-presidente, Lula chamou Bolsonaro de maluco, aloprado, desgraçado e ignorante.

“Me parece que o maluco que governou esse país era um aloprado. Ele não entendia nada a não ser falar bobagem, pregar o ódio e ofender os outros. O cara não entendia. O cara deixou morrer 700.000  pessoas nesse país dizendo que Covid era uma gripezinha. Ignorante! Um cara ignorante como ele jamais deveria ter chegado à Presidência da República. Ele deveria ter ido  para outro lugar e de lá nunca mais sair”. 

E fez crítica também administrativas, digamos:

“Hoje fui entregar casas para 860 famílias. Casas que começaram a ser feitas em 2011 e estavam paralisadas até o ano passado quando eu cheguei na Presidência. E um monte de gente esperando casa para morar e esses desgraçados não fizeram casa para o povo e ficaram mentindo para o povo”. 

DO TL 

Ao elevar o tom e citar o antecessor, o presidente Lula esquece a própria promessa que fez ao se eleger em 2022 com margem apertada sobre o adversário Bolsonaro. Com o Brasil dividido quase pra metade, ali profetizou união:

“É hora de reunir de novo as famílias, refazer os laços de amizade rompidos pela propagação criminosa do ódio.” 
O discurso de agora pode ser lido como tudo, menos como união e pacificação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *