23 de junho de 2024
História

O Dia em que o Prefeito de Natal foi preso para ser deposto

th

No dia de hoje completa 51 anos que o Prefeito de Natal, Agnelo Alves, foi preso, pelo Comandante da 7ª Região Militar, para – em seguida – ter o seu mandato cassado pela Câmara Municipal que acabara de lhe dar uma vitória maiúscula.

A prisão do Prefeito foi motivada por uma nota publicada na Tribuna do Norte e atribuída a sua autoria. Com ele fora presos, o Editor-chefe do jornal, Cassiano Arruda Câmara, o Chefe de Oficinas, Baltazar da Costa Pereira, e o linotipista Pelé.
O Prefeito e o Editor Chefe ficaram presos 49 dias (o AI-5 estabelecia o máximo de 50 dias para a prisão sem julgamento).
O Editor Chefe do jornal foi julgado na Auditoria Militar, no Recife, e foi absolvido. O Prefeito foi cassado pela Câmara Municipal.

Posteriormente Agnelo Alves teve seus direitos politicos cassados, como já havia acontecido com seus Irmãos Aluízio e Garibaldi Alves

One thought on “O Dia em que o Prefeito de Natal foi preso para ser deposto

  • observanatal

    E há quem ache o AI-5 muito democrático. No final das contas não havia nada real, a não ser interesses políticos.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *