Em entrevista ao site Congresso em Foco, o senador José Agripino Maia (DEM) reconheceu o erro do antigo PFL passar a se chamar DEM.

Confira o trecho da matéria:

No momento da troca do nome, de Partido da Frente Liberal para Democratas, há quem indique um movimento que vai na contra-mão do que o senhor vem defendendo: tirou-se da sigla o que havia de nitidez ideológica para se adotar um nome genérico …
Para ir direto ao ponto: eu acho que foi um grande erro trocar o nome do partido. Hoje, eu tenho plena convicção disso.

Perdeu a identidade?
Não perdeu a identidade, porque se você mantém o discurso inteiro não vai perder a identidade só porque trocou de nome. Você perde identidade quando perde os valores. Quando a luta é mantida, você não perde a identidade. Mas não havia necessidade de trocar o nome. Trocou-se o nome sem se obter com isso qualquer vantagem.

Comentários do Site

  1. Renato Araujo

    Tanto faz PFL, com DEM, os atores são os mesmos, representam o retrocesso, o atraso, como um partido pensa em crescer sendo contra o PRO UNI ? programas sociais ?