O Deputado Álvaro Dias, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do RN, entregou nesta quinta-feira (09) ofício ao Comando da Polícia Militar, sugerindo que seja determinada a nulidade dos exames psicotécnicos, que consideraram inaptos cerca de 80% dos participantes da última etapa para incorporação no cargo de soldado da Polícia Militar.

A Comissão solicita ainda a republicação do edital 0005/2015, com a reabertura do prazo recursal a partir da expedição dos respectivos laudos com a fundamentação do Código Internacional de Doenças (CID), garantindo-se o princípio da recorribilidade.

  

  

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.