Natal

Comércio do Alecrim reabre na segunda (30)

Os comerciantes do Alecrim decidiram que vão reabrir as lojas a partir da segunda-feira (30), seguindo as regras do decreto do Governo do Estado de prevenção ao Coronavírus.

Não serão ligados os aparelhos de ar-condicionado e vão utilizar a ventilação natural.

O funcionamento será das 08h às 14h (segunda à sexta) e das 08h às 13h (sábados).

Geral

SENAI/RN doa 1.500 máscaras de acrílico para rede pública de hospitais no RN

O SENAI/RN colocou a estrutura do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) para desenvolver máscaras de proteção em acrílico, do tipo ‘face shield‘, que serão doadas aos hospitais públicos do Rio Grande do Norte.

A iniciativa faz parte do conjunto de medidas adotadas para a contenção da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Ao todo, serão confeccionadas e entregues 1.500 máscaras de proteção para uso de médicos e profissionais de saúde que atuam diretamente com pacientes infectados em Unidades de Terapia Intensiva e Semi- Intensiva.

As primeiras 500 peças já estão prontas e serão entregues, até esta sexta-feira (27), na capital e região da Grande Natal, sendo distribuídas, em Natal, no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), Hospital Municipal e no Hospital Giselda Trigueiro, além do Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim.

Outras 1.000 serão fabricadas com previsão de entrega para a próxima semana.

Cidades

Coronavírus: Prefeito de São Gonçalo decreta calamidade pública e estabelece regime de quarentena no município

Por 90 dias, a partir desta quarta-feira (25), data da publicação, o prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio, o Paulinho, decretou calamidade pública no município em virtude da pandemia de Covid-19. O documento foi publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) e ainda estabelece regime de quarentena.

Durante o período, que pode ser prorrogado, estão autorizadas a funcionar, exclusivamente, atividades privadas indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis à comunidade, como saúde, assistência social, transporte público e serviços de alimentação, sempre respeitando as medidas de proteção e prevenção ao coronavírus.

Ainda de acordo com o decreto, o Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Saae) está autorizado a suspender cobrança e pagamento da tarifa de água e esgoto na categoria “residencial social”, ou seja, as famílias que têm renda per capta de até R$ 178 inscritas no Programa Bolsa Família.

Natal

Prefeitura amplia investimentos em Segurança Pública

A área da segurança pública e defesa social tem recebido investimentos maciços da Prefeitura de Natal, que, mesmo sem ter essa obrigação constitucional, está priorizando o setor. Além do plano da valorização funcional da tropa da Guarda Municipal, anunciado recentemente, a Prefeitura prepara para os próximos dias uma série de iniciativas que vão contribuir para o combate à criminalidade na cidade. Uma delas é a base localizada na Praça Gentil Ferreira, no Alecrim. O espaço vai servir como ponto de apoio para as guarnições que estiverem em operação, bem como será a sede do Grupamento de Apoio Patrimonial (GAPA), que contará com uma equipe em serviço 24 horas por dia para atender a toda a cidade.

Há poucos dias, a Prefeitura apresentou para os guardas municipais o Plano de Carreiras e Salários da categoria. A medida é mais uma que a gestão municipal implementa com o objetivo de fortalecer o enfrentamento a violência na capital potiguar. “O plano de cargos e salários era esperado há 29 anos pelos homens e mulheres que fazem parte dos quadros da Guarda Municipal de Natal e que agora vamos concretizar, dentro da política de compromisso, determinação e prioridade que a Prefeitura dá à segurança pública”, destaca o prefeito Álvaro Dias.

O plano da GMN prevê a reorganização funcional da categoria com criação de classes; unificação de alguns postos; promoção de guardas após 29 anos; unificação de gratificações e vantagens; garantia de mobilidade funcional e progressão salarial ao longo da carreira. Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do RN (Sindiguardas), Souza Júnior celebra a implementação do plano. “Um sonho que está se concretizando, uma luta de quase 30 anos, desde a criação da Guarda Municipal em 1991. Vamos ter as carreiras estabelecidas, as devidas promoções e, ao longo do tempo, os guardas vão poder subir na carreira”, aponta Souza.

Os avanços também estão acontecendo na parte estrutural e de equipamentos. A Guarda está recebendo neste mês cinco novas viaturas — sendo uma delas para a implementação da Patrulha Maria da Penha —, 160 coletes à prova de balas, 100 algemas, 290 dispositivos com spray de pimenta e 25 computadores. Todos esses equipamentos e materiais foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura. Ao longo de 2019, a GMN já havia sido equipada com cinco viaturas operacionais, 100 coletes balísticos dissimulados; 25 mil munições e 30 pistolas semiautomáticas da marca Taurus e calibre 380, rádios portáteis de comunicação e motocicletas.

Ainda na relação de ações do Município na segurança pública estão a criação da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN); da Ronda de Proteção Escolar (ROPE) e a Ronda da Saúde (RondaS). Além disso, a Prefeitura de Natal oficializou através de decreto o Plano Municipal de Políticas sobre Drogas.

“Não podemos fechar os olhos para a questão da segurança pública. Quanto mais ajuda, melhor. Entendemos a importância dessas ações e a gestão municipal não se furta em contribuir no que estiver ao seu alcance. Temos orgulho de dizer que essa administração é a que mais tem investido na história da cidade em capacitação, aperfeiçoamento, valorização salarial e geração de condições de trabalho para a Guarda Municipal de Natal. Aliado a isso, temos um trabalho forte de inteligência e integração junto às demais forças de segurança para proteger o cidadão”, aponta o prefeito Álvaro Dias.

Foto 1 - Novas viaturas e equipamentos para a Guarda Municipal - foto Marco Polo

Política

“Salvemos as pessoas – do coronavírus e da recessão”, por General Girão

Artigo do deputado federal General Girão: 

Em tempos de pandemia, nos sentimos como uma criança que acabou de aprender a falar e andar, mas não pode sair de casa, nem fazer as suas vontades. Os governos, quase todos, falam que estamos em guerra contra um inimigo invisível. Sim, é uma guerra, mas certamente muito longe do que passaram aquelas nações que, no século passado, vivenciaram duas Guerras Mundiais em seus territórios.

Entendemos que as necessidades e as prioridades mudam com o tempo. Assim, estamos admitindo que os impedimentos em relação ao COVID 19 — tais como sairmos de casa, viajarmos e estarmos aglomerados em ambientes abertos ou fechados — soam parecido com o estampido de tiros, morteiros ou granadas em nossos ouvidos.

Estamos aprendendo coisas novas todos os dias, em relação ao coronavírus, seja em âmbito nacional, seja entendendo o que se passa em outros países, cuja disseminação está cronologicamente mais avançada do que no Brasil. Já sabemos que é altamente contagioso; que é transmitido por contato direto; que é muito pouco letal em crianças, adolescentes e pessoas até 60 anos; que a letalidade aumenta conforme a idade e entre pessoas contaminadas que têm morbidades específicas, especialmente as relacionadas com o sistema respiratório.

Nesse quadro a opção de diversos estados e municípios tem sido pelo mais rigoroso isolamento horizontal, isto é, para todas as pessoas, paralisando praticamente todas as atividades econômicas e impedindo a livre circulação de bens e pessoas, inclusive contrariando o inciso XV do art. 5o de nossa Carta Magna, o qual indica que “é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz”. Concordamos perfeitamente com as precauções voltadas para as vidas que poderão ser perdidas, mas você já se perguntou sobre as consequências? Donos de estabelecimentos pequenos, médios ou grandes poderão sobreviver por quanto tempo, se permanecerem fechados? Como os empregos serão mantidos? E aqueles locais e empreendimentos que sobrevivem do turismo, como irão se manter? E as fábricas de todos os portes, responsáveis por inúmeros empregos e produção de bens que serão utilizados por todos?

Todos procuram as melhores soluções, mas há claras divergências e muitas dúvidas sobre o que é melhor para a Nação, como um todo. O que fazer, então? Deus nos deu o conhecimento e a capacidade de interagir e argumentar para que, juntos, possamos encontrar saídas. Juntos, sim, porque nessa hora não adianta cor de partido político ou opção ideológica: o vírus é invisível e não tem os cinco sentidos.

Neste momento de crise, entendemos que é preciso que as maiores autoridades do Executivo e do Legislativo, valendo-se de especialistas nas diversas áreas relacionadas, reúnam-se para a tomada das mais difíceis decisões, abrangendo toda a Nação. A conjuntura clama por união e responsabilidade. Para tanto, a Constituição Federal dispõe de um instrumento, o Conselho da República, órgão superior de consulta do Presidente da República, integrado pelo Vice-Presidente da República, pelo Presidente da Câmara dos Deputados, pelo Presidente do Senado Federal, pelos líderes da maioria e da minoria na Câmara dos Deputados, pelos líderes da maioria e da minoria no Senado Federal, pelo Ministro da Justiça e por seis cidadãos brasileiros natos, com mais de trinta e cinco anos de idade, sendo dois nomeados pelo Presidente da República, dois eleitos pelo Senado Federal e dois eleitos pela Câmara dos Deputados. Além disso, outros Ministros de Estado poderão participar.

Compete ao Conselho da República pronunciar-se sobre “as questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas”, plenamente compatíveis com o momento que o País atravessa. Ou nos unimos na busca de soluções, ou vamos ficar nos agredindo e morreremos abraçados à nossa incapacidade de pensar e agir corretamente, na busca do melhor para a população brasileira.

Geral

Sobe para 19 casos confirmados e 1.125 suspeitos de Coronavírus no RN

A Sesap confirma, nesta quinta-feira (26), 19 casos de coronavírus no Estado, 13 em Natal, quatro em Parnamirim e dois em Mossoró.

De acordo com o boletim epidemiológico, o número de casos suspeitos subiu para 1125, sendo 26 casos de pessoas residentes em outras regiões do país. Até o momento, foram 153 descartados.

Geral

Coronavírus: Juiz determina que plano de saúde forneça atendimento psiquiátrico online a usuária com Síndrome de Pânico

O juiz Flávio César Barbalho de Mello, da 3ª Vara Cível de Mossoró, proferiu decisão determinando que a Unimed Federação do Rio Grande do Norte forneça atendimento psiquiátrico online a uma usuária portadora de Síndrome do Pânico.

A usuária alegou recusa da operadora do plano de saúde, em autorizar a consulta psiquiátrica na modalidade “online”, que até então vinha sendo dispensada à autora, portadora de transtorno de pânico, presencialmente antes da eclosão da pandemia da COVID-19.

“Em tempos de isolamento social, causado pela pandemia do COVID-19, não têm, de fato, como ser realizados atendimentos ecirurgias eletivos, despidos de urgência, sendo esta a orientação do Ministério da Saúde e do Conselho Federal de Medicina que não se aplica, por óbvio, às consultas passíveis de atendimento remoto, sob a modalidade “on line”, já que, ao mesmo tempo em que evitam o perigo de contágio sem a presença física do médico e paciente, atingem o fim para a qual se destinam, máxime tratando-se de natureza psquiátrica, onde o tratamento deve ser contínuo, respeitando-se a periodicidade que até então vinha sendo seguida antes da pandemia, sob pena do seu comprometimento”, analisa o juiz.

“DEFIRO o pedido de tutela antecipada para determinar que a ré autorize, INCONTINENTE AS SESSÕES DE PSICOTERAPIA NA MODALIDADE ONLINE, enquanto durar a orientação de isolamento social, proveniente da PANDEMIA do Coronavírus, sob pena de bloqueio sobre os aplicativos financeiros da parte ré, no valor de R$ 50.000,00, o que faço com arrimo no art. 139, IV, do CPC”, determinou o magistrado.

Geral

Governo do RN não vai poder instalar hospital de campanha no antigo Papi

Os planos do Governo do RN era de instalar no prédio do antigo Hospital Papi, a unidade de atendimento (Hospital de Campanha) durante a Pandemia do Coronavírus.

Mas a estrutura do prédio não vai permitir o prosseguimento da estratégia.

“O prédio não tem condição de funcionar sem passar por uma grande reforma”, afirmou o médico Luiz Roberto Fonseca, diretor do Hospital Rio Grande, em entrevista à Rádio Jovem Pan News.

O prédio vai ser comprado pelo grupo proprietário do Hospital Rio Grande, para ser instalado um anexo ao Hospital voltado ao atendimento materno-infantil.

Política

Vereador Ney Lopes Jr. recebe alta do hospital

Durante a noite de quarta-feira (25), o vereador Ney Lopes Jr. recebeu alta do Hospital do Coração e já se encontra em casa. Após o resultado do diagnóstico contrário ao Coronavírus o parlamentar foi liberado pela unidade de saúde.

Ney Lopes Jr. procurou o atendimento médico no último domingo (22), após apresentar sintomas semelhantes ao da doença. Por motivos de prevenção foi colocado em isolamento e submetido ao teste do Covid-19. Na quarta-feira (25), foi divulgado o resultado negativo e o diagnóstico de uma pneumonia, que já está sendo tratada fora do hospital.

O parlamentar agradeceu todas as manifestações de carinho enviadas neste período. “Estou muito grato por todo carinho que recebi. Muitas pessoas me enviaram mensagens positivas e tenho certeza que o poder da oração de todos foi fundamental para a minha recuperação. Foi um susto, mas já estou bem e seguindo as recomendações médicas”, afirmou.

Natal

Hospital de campanha montado pela Prefeitura de Natal passa por dedetização e vistoria técnica

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS- Natal) mantém o ritmo acelerado para instalação dos 100 leitos do Hospital de Campanha no antigo Hotel Parque da Costeira. O local vai ser destinado para internação e tratamento de pacientes com quadro suspeito ou confirmado para COVID-19 encaminhados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do município. O início do atendimento está previsto para a primeira quinzena de abril, com funcionamento inicial de leitos clínicos.

“A Prefeitura de Natal segue supervisionando os serviços e vamos incrementar a dinâmica de recuperação para ter tudo isso pronto o mais rápido possível. Nossa previsão é que na primeira quinzena de Abril o Hospital de Campanha esteja funcionando”, disse o prefeito de Natal, Álvaro Dias, em visita ao local ao local.

O hospital de campanha foi viabilizado por cooperação da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte que disponibilizou o prédio onde funcionava o Hotel Parque da Costeira, localizado na Via Costeira, em Natal, para ser transformado em uma unidade hospitalar para pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus.

“A SEMSUR concluiu a limpeza da área externa. Agora estamos concluindo a dedetização de roedores e baratas. Uma equipe de engenheiros da Prefeitura de Natal fez a vistoria elétrica e hidráulica, e solicitamos que a Cosern ligue a energia. Assim que for ligada instalaremos um escritório no local para receber as doações e otimizar ainda mais os trabalhos do Comitê Gestor”, esclarece George Antunes, secretário de Saúde de Natal.

O hospital de campanha vai receber doações de macas não utilizadas pelos hospitais Varela Santiago e Memorial, além de adquirir outros materiais necessários para seu funcionamento.

Hospital de campanha montado pela Prefeitura de Natal passa por dedetização e vistoria técnica (4)

Geral

Startup potiguar produz equipamentos de proteção individual

A Tribuna do Norte destaca e o blog reproduz pela relevância.

Uma empresa que faz parte do Instituto Metrópole Digital, a Void3D, decidiu colaborar diante da grande demanda por Equipamentos de Proteção Individual (EPI), e começou a produzir máscaras protetoras com viseira para profissionais da saúde e distribuir gratuitamente em unidades de atendimento e hospitais.

A impressão das viseiras ocorre por meio de impressoras 3D. A iniciativa teve início na República Tcheca, que compartilhou a informação com a Startup local.

Para financiar a produção, a empresa criou uma Vaquinha Online, na qual já arrecadou quase R$ 10 mil.

O custo por máscara varia entre R$ 12,00 e R$ 15,00.

“A distribuição vai iniciar pelo Hospital Giselda Trigueiro”, diz Arthur Andrade, diretor da Void3D.

Máscaras

Diversos

Grupo pede doações para confecção de máscaras para trabalhadores da saúde

O grupo Solidariedade Covid está pedindo doações para a confecção de máscaras protetoras para trabalhadores da saúde no rio grande do norte.  As máscaras, do tipo “Face Shield” são feitas de acetato transparente e evitam que o usuário tenha contato com saliva e fluidos corporais de terceiros, sendo indicado para proteger o usuário.

Até o momento, o grupo já arrecadou o suficiente para a confecção de 7 mil e 200 máscaras, através de doações de instituições como a Cooperativa de Crédito da UFRN e de pessoas físicas. Mas, o número ainda é pequeno diante de tanta demanda.

“Os profissionais da saúde estão arriscando suas vidas sem os devidos equipamentos de proteção individual (EPI’s) que devem ser usados numa situação como a que estamos vivendo”, diz o engenheiro Hermínio Brito, um dos coordenadores do grupo Solidariedade Covid.

Quem quiser ajudar, pode doar folhas de acetato, daquelas usadas como transparência para retroprojetor, ou depositar qualquer quantia na conta corrente 404.545-9 – agência 3293-x – banco do brasil em nome de Hermínio Pereira de Brito. Qualquer informação via WhatsApp: (84) 98743-0942.

Sobre o grupo

O grupo Solidariedade Covid é formado por profissionais das mais diversas áreas com o objetivo de contribuir para conter a doença e seus danos à sociedade, articulando ações práticas, organizando linhas de interlocuções com os governos e repassando informações do que está acontecendo sobre a pandemia.

Geral

Coronavírus: Governo do RN cria Central de Doações

O Governo do Rio Grande do Norte instituiu uma força tarefa administrativa de enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19) e criou a Central de Recebimento e Distribuição de Doações. As iniciativas foram oficializadas pelo decreto Nº 29.565, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira, 26. O objetivo é concentrar esforços administrativos que possam conceder melhor apoio técnico operacional à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para responder aos desafios impostos pela pandemia.

Caberá à Força Tarefa Administrativa efetuar a tramitação dos processos de aquisição de bens, equipamentos produtos e insumos, contratação de serviços, requisições administrativas relativas à calamidade pública decorrente do novo Coronavírus (COVID-19), propor o impulsionamento de processos mediante a adoção procedimentos simplificados, além de prestar suporte administrativo à Sesap.

Ela responderá ao Comitê Governamental de Gestão da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-19) e será formada por uma equipe técnica composta por representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), das secretarias de Estado do Planejamento (Seplan) e Administração (Sead), sob coordenação do Gabinete Civil.

A Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens funcionará na sede da Escola de Governo e ficará submetida à Controladoria-Geral do Estado (CONTROL).

Estado

Setor produtivo do RN conserta 17 respiradores do Hospital Giselda Trigueiro

As entidades do setor produtivo vem a público agradecer a todos que contribuíram na campanha de doação de recursos para consertar inicialmente 17 ventiladores  pulmonar (respiradores), marca Vyaire, modelo IXV de propriedade do Governo do Estado  que precisavam de reparo.

Foram investidos R$ 35.086,00 mil reais nesses consertos. Os respiradores consertados (17), já foram entregues ao hospital Giselda Trigueiro.

A campanha é uma ação das entidades CDL Natal, FCDL RN, CDL Jovem Natal, FIERN, Fecomércio RN, Sinduscom, Sebrae, ACRN e AEBA .

Natal

Natal imuniza 71 mil pessoas em 3 dias e vacinação é suspensa até a chegada de nova remessa

A excelente participação da comunidade de idosos na campanha de vacinação contra Influenza permitiu a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS-NATAL) se aproximar, em apenas 3 dias, da primeira meta de vacinar 90% dos 82 mil idosos da capital do Estado. Nesta primeira etapa chegou uma remessa de 71 mil doses e foram distribuídas entre a imunização de idosos e profissionais da saúde.

“Com isto a Campanha Contra Influenza fica suspensa até o recebimento da segunda remessa de vacinas por parte do Governo Federal. Até lá as pessoas NÃO devem procurar os postos de saúde. Assim que recebermos a nova remessa do Ministério da Saúde faremos o comunicado pelos meios de informação a quem quero agradecer pelo total apoio na divulgação e prestação de serviço nestes três dias”, explicou George Antunes, secretário de saúde de Natal.

A capital ofertou à população, além dos 63 postos de vacinação, uma estrutura com quatro novos pontos, sendo dois deles drive thru (Arena das Dunas e Ginásio Nélio Dias), além dos pontos na Praça Augusto Leite e na sede da Cruz Vermelha, em Ponta Negra.

3 dia de vacinação_Influenza Natal

Política

Coronavírus: Tabelião sugere que município de Parnamirim adie cobrança de impostos de comerciantes

“Diante de situação que estamos vivendo e dos riscos à saúde da nossa população com o #coronavírus, é urgente o Poder Público Municipal agir em relação à saúde financeira de milhares de Famílias que dependem do comércio e de pequenos serviços e estão prejudicados, sem clientela”.

Com essa declaração nas redes sociais nessa quarta-feira (25/03), o tabelião de Parnamirim, Airene Paiva, provoca a Prefeitura da cidade, assim como a população para a necessidade de medidas que ajudem os parnamirinenses a atravessar a difícil crise de saúde, mas também econômica.

“Parnamirim, a exemplo de outros municípios do Brasil, precisa decretar o adiamento de tributos para estabelecimentos que estão fechados por conta do coronavírus, para minimizar o impacto e ajudar na sobrevivência de milhares de famílias”, conclamou.

Para Airene, a medida deve incluir também o IPTU das empresas e contemplar também outras taxas cobradas pela prefeitura, assim como deveria ser adiada a cobrança da dívida ativa.

Geral

Coronavírus: RN tem rede de apoio emocional gratuito para potiguares

O Instituto Entrelaços do RJ iniciou um projeto de Linha aberta de suporte e apoio emocional, no qual através de ligação telefônica as pessoas podem ter acesso a esse suporte oferecido por psicólogos treinados e capacitados nessas demandas. Alguns institutos do Brasil foram convidados a fazer parte dessa Rede Solidária de apoio emocional e os estados de SP, MG, ES GO, interior de SP e RN contam com esse serviço neste período em que todo o país vive a pandemia do Coronavírus. O Núcleo Apego e Perdas, de Natal, é parceiro nessa importante iniciativa de ajuda nesse momento tão difícil para toda a população.

Angústia, medo, ansiedade, incertezas, são alguns dos sentimentos que têm acompanhado inúmeras pessoas esses dias. “Cuidar da saúde física de todos tem sido prioridade através do recolhimento preventivo, mas não podemos descuidar da nossa saúde mental em nenhum momento”, afirmou a psicóloga Millena Câmara, uma das fundadoras do Apego e Perdas . A profissional destaca que a rede de apoio em Natal irá funcionar gratuitamente coordenada pelas psicólogas do grupo de apoio pelo telefone “SOS Linha de Apoio Emocional”, (84) 99159-4405, das 9:00 às 21:00, de domingo a domingo.

Coronavírus

Natal

Álvaro Dias supervisiona serviços executados pela Prefeitura para proteger a população do coronavírus

A Escola Municipal Santos Reis já está abrigando 40 pessoas em situação de rua que foram deslocadas para o local pela Prefeitura de Natal durante esse período emergencial de combate a proliferação da Covid-19 na capital potiguar. O espaço foi todo preparado pela equipe da secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) que manterá um grupo com profissionais de diversas especialidades para atender aos usuários. O prefeito Álvaro Dias acompanhou a instalação do abrigo provisório na manhã desta quarta-feira (25), ao lado da titular da Semtas, Andréa Dias, e do secretário municipal de Governo, Fernando Fernandes.

No local, os usuários contam com alimentação, banheiros, lavanderias, fornecimento de álcool gel, máscaras faciais de proteção descartáveis e material informativo sobre a Covid-19, além de material de higiene pessoal. Além da Escola Municipal Santos Reis e o Centro de Convivência Santos Reis, a Escola Municipal Celestino Pimentel e o Albergue Municipal também vão acolher 143 pessoas registradas em situação de rua, ofertando a mesma estrutura física e material.

“Foi um esforço muito grande da gestão municipal em preparar essa estrutura. A população em situação de rua é muito vulnerável e precisa de uma atenção especial. Não poderíamos deixa-los ao relento, contando com a própria sorte para escapar de uma possível contaminação contra o coronavírus. Determinamos e a Semtas executou com maestria esse trabalho que estamos vendo aqui. Todos bem acolhidos, assistidos, alimentados e protegidos”, destacou o Álvaro Dias.

A ideia é ampliar ainda mais esses espaços destinados a população que vive em situação de rua no município. Para isto, o prefeito esteve na manhã desta quarta-feira com o vice-almirante, Alan Guimarães Azevedo, comandante do 3º Distrito Naval, e com General, Ulisses de Mesquita Gomes, comandante 7ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro, para solicitar o apoio logístico e material das Forças Armadas para executar esses serviços.

Além disso, o chefe do executivo municipal inspecionou mais uma vez os trabalhos de montagem do Hospital de Campanha que a Prefeitura está instalado nas dependências do antigo Hotel Parque da Costeira, na Via Costeira. Ele foi informado que o trabalho de dedetização do espaço será finalizado ainda hoje, bem como a retirada do mobiliário obsoleto dos quartos foi intensificado. Após 24 horas, as equipes de limpeza e manutenção vão atuar na higienização dos dormitórios. “Estamos trabalhando com um prazo de 20 dias para entregar os primeiros leitos prontos, mas quero uma força-tarefa para diminuir e entregar o quanto antes”, revelou Álvaro. A unidade hospitalar provisória esteja pronta te capacidade projetada para instalar de início 109 leitos, com possibilidade de ampliação para até 500, caso seja preciso.

Estado

RN tem 839 casos suspeitos de Coronavírus

A Sesap informa, nesta quarta-feira (25), que o número de casos suspeitos aumentou para 839, sendo 20 casos de pessoas residentes em outras regiões do país. Até o momento, são 104 descartados.