Um grupo de 17 dos 22 senadores do PMDB se reuniram com o presidente da República, Michel Temer, nesta quarta-feira (24), para prestar solidariedade diante da crise política instalada no Brasil, a partir da delação da JBS.

Os ausentes foram Eduardo Braga (AM), Kátia Abreu (TO), Roberto Requião (PR) e Zezé Perrela (MG), além do líder da bancada, Renan Calheiros (AL), que será substituído da função, por decisão da bancada. Por telefone, Perrela falou com o Presidente e também foi solidário.

O presidente reafirmou mais uma vez que não renunciará ao cargo e sua prioridade é continuar as reformas necessárias ao Brasil.