Informações da Revista Exame

O presidente Jair Bolsonaro cancelou nesta sexta-feira (03) uma viagem para Nova York, nos Estados Unidos, onde receberia o prêmio “Pessoa do Ano”, oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. O jantar de gala estava marcado para acontecer em 14 de maio, no Hotel Marriott Marquis.

Em nota à imprensa, o porta-voz do governo, Otávio do Rêgo Barros, disse que o presidente desmarcou a vista por conta da “resistência e dos ataques” envolvendo a premiação.

“Em face da resistência e dos ataques deliberados do Prefeito de Nova York e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente, ficou caracterizada a ideologização da atividade. Em função disso, e consultados vários setores do governo, o Presidente Bolsonaro decidiu pelo cancelamento da ida a essa cerimônia e da agenda prevista para Miami”, diz a nota.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.