Mundo

Cuba elege 1º presidente após 60 anos de governo dos irmãos Castro

Da Agência Brasil

A Assembleia Nacional de Cuba se reúne nesta quarta-feira (18) para escolher o próximo presidente da ilha caribenha que, nas últimas seis décadas, foi governada pelos irmãos Castro: Fidel, que morreu aos 90 anos, e Raúl, que prometeu se aposentar aos 86. O novo líder será o primeiro, desde a Revolução Cubana, com outro sobrenome e representando uma geração mais jovem do que aquela que pegou em armas para derrubar a ditadura de Fulgencio Batista (1952-1959) e desafiar os Estados Unidos (EUA), estabelecendo um regime socialista a 150 quilômetros de sua costa.

O novo presidente de Cuba assume em um momento delicado. A Venezuela, que fornece petróleo e sustentava o regime cubano, hoje enfrenta grave crise econômica, marcada pela hiperinflação, o desabastecimento e o isolamento internacional.

Com a mudança de governo em 2017, os Estados Unidos recuaram no processo de reaproximação – primeiro passo para o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro que continua impondo à ilha. O presidente norte-americano, Donald Trump, (eleito também com o voto dos cubanos que imigraram para os EUA e que exigem a derrubada do comunismo na ilha), limitou viagens e investimentos (dos norte-americanos) em Cuba.

Raúl Castro diz que foi eleito presidente para “defender, manter e continuar aperfeiçoando o socialismo cubano –  e não para destruí-lo”.

A eleição representa o fim de uma era, mas muitos observadores acham que, na prática, pouca coisa mudará na vida dos 11,5 milhões de cubanos: o Partido Comunista de Cuba (PCC) continua sendo o único e Raúl Castro seu chefe.

“O Partido Comunista é o órgão máximo de decisão política, de acordo com a Constituição cubana. Raúl Castro deixa a presidência do país, mas não o cenário politico”, disse à Agência Brasil Erika Guevara-Rosas, diretora para as Américas da Anistia Internacional, uma organização de defesa dos direitos humanos. “Lamentavelmente, Cuba continua sendo um país que violenta, de forma massiva, as liberdades civis, políticas e de expressão.” Cuba é o único país do continente que não permite acesso oficial à Anistia Internacional.

A expectativa é de que o cargo seja ocupado pelo atual vice-presidente, Miguel Díaz-Canel, de 57 anos, que nasceu depois da revolução, não usa farda, mas defende os ideais do Partido Comunista Cubano (PCC), onde atua desde jovem. “Sou como muitos neste país”, disse Díaz-Canel. “Formamos parte de uma geração que nasceu nos anos 60 e agradecemos muito toda a formação e as possibilidades brindadas pela revolução. Tivemos a oportunidade de participar dos processos de decisão nas organizações de base estudantis e da juventude”.

Reformas

Só houve uma sucessão presidencial na Cuba revolucionária e ela foi programada. Em 2006, Fidel Castro entregou o comando do país ao irmão caçula – primeiro interinamente, depois oficialmente. Fidel estava doente e morreu dez anos depois. Nos últimos 12 anos, Raúl Castro adotou algumas medidas de abertura. Meio milhão de cubanos hoje trabalham no setor privado. Desde 2013, quem quiser pode deixar o país, sem precisar de autorização para viajar ou ter que fugir de barco, numa perigosa travessia para a costa da Flórida. A compra e venda de imóveis e carros, mesmo limitada, foi permitida. E a internet chegou à ilha, onde existem mais de 600 áreas publicas com conexão wifi.

No cenário internacional, Cuba participou da 7ª Cúpula das Américas em 2015. Foi a primeira reunião de líderes dos 35 países do Continente Americano com a participação do governo cubano, que até então tinha sido vetada pelos Estados Unidos. A notícia foi o histórico aperto de mão entre Raúl Castro e o então presidente norte-americano, Barak Obama, marcando a reaproximação dos dois países, depois de mais de meio século de guerra fria.

Apontada como responsável por disseminar revoluções comunistas na região, Cuba patrocinou o acordo de paz entre o governo colombiano de centro-direita, do presidente Juan Manuel Santos, e os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Sete mil rebeldes entregaram as armas, depois de 50 anos de conflito, para formar um partido político, que este ano disputou as primeiras eleições legislativas.

Com a morte de Fidel em 2016, a pergunta era sobre o futuro do país. Raúl Castro propôs ao partido limitar a idade (70 anos) e o mandato (dois períodos de cinco anos) dos dirigentes do PCC, além de uma reforma constitucional. E anunciou que deixaria a presidência, por decisão própria, em abril deste ano.

Renovação

Para ex-combatentes da revolução, o sucessor de Raúl Castro representa a renovação da cúpula do regime comunista cubano, mas a continuidade de seus ideais. Alejandro Ferras Pellicer, de 94 anos, aposta nesta nova geração que, ao contrário da anterior, nasceu com direito à educação e que, segundo ele, estará mais preparada – intelectualmente e tecnologicamente – para lutar por uma sociedade mais igualitária.

Raúl Castro sinalizou, em mais de uma ocasião, que a ideologia não está em jogo – não importa quem seja o novo presidente de Cuba ou que pressões ele terá de enfrentar. “O substituto de Fidel só pode ser o Partido Comunista”, disse, quando os cubanos tentavam imaginar o futuro sem o pai da revolução.

O analista politico cubano Rafael Hernández acredita que o novo governo enfrentará pressões internas por mudanças, porque as expectativas de melhores condições de vida vêm de longa data e cresceram com o tempo. Segundo ele, apesar de Cuba enfrentar hoje uma conjuntura internacional menos favorável, a ilha não está na mesma encruzilhada dos anos 90, quando a União Soviética (principal fornecedora de petróleo a Cuba e financiadora de partidos comunistas no hemisfério internacional) se dissolveu em 15 repúblicas separadas – entre elas, a Rússia.

“Nesses 60 anos, Cuba demonstrou ser capaz de sobreviver a várias crises – até à pior delas, nos anos 90, quando muitos pensavam que ficaria isolada e seria obrigada a mudar”, disse, em entrevista à Agência Brasil, o analista político argentino Rosendo Fraga. “Com a saída de Castro, uma nova geração subirá ao poder. Mas a renovação será feita para manter o mesmo sistema em vigor”.

Mundo

EUA, França e Reino Unido atacam a Síria em resposta ao uso de armas químicas

Informações do G1

Os Estados Unidos, o Reino Unido e a França anunciaram na noite desta sexta-feira (13) que lançaram um ataque em conjunto contra estabelecimentos de armas químicas na Síria, em resposta ao suposto ataque químico contra a cidade de Duma no dia 7 de abril. O regime sírio nega o uso de armas químicas, que são proibidas por convenções da ONU.

As forças aéreas e marinhas dos três países lançaram os primeiros ataques por volta das 21h de Washington (22h, no horário de Brasília), durante o pronunciamento do presidente americano Donald Trump na Casa Branca. Os sistemas de Defesa da Síria reagiram, atingindo 13 mísseis em Al Kiswah, nos subúrbios de Damasco.

O Pentágono anunciou que três alvos foram atingidos na Síria: um centro de pesquisa e produção de armas químicas e biológicas em Damasco, um armazém de armas químicas em Homs, a leste de Damasco – em que os EUA acreditam que estavam estoques de gás sarin – e uma base na mesma cidade que também teria armas químicas.

O presidente disse que o uso de armas químicas na cidade de Duma, no último final de semana, foi uma escalada significativa e que as ações de Assad foram ações “de um monstro”.

Mundo

Tiros são disparados em sede do YouTube na Califórnia; há relatos de vítimas

SAN FRANCISCO (Reuters) – A polícia informou nesta terça-feira que estava respondendo a um incidente com “atirador ativo” na sede do YouTube em San Bruno, na Califórnia, e testemunhas informaram que viram sangue no chão e em escadas e houve relatos de vítimas.

Segundo a rede NBC, uma atiradora foi atingida, mas a Reuters não pode confirmar de imediato esses relatos.

A polícia da cidade, perto de San Francisco, alertou por meio de uma mensagem no Twitter para que as pessoas se mantivessem longe do endereço em que está localizado o YouTube, da Alphabet Inc’s Google.

“Estamos respondendo a um atirador ativo. Por favor, fiquem longe da Cherry Ave & Bay Hill Drive”, disse a polícia de San Bruno no Twitter. A afiliada local da CBS informou que vítimas foram levadas para um hospital de San Francisco.

Um diretor de produtos do YouTube, Todd Sherman, descreveu no Twitter que ouviu pessoas correndo, e primeiramente achou que era um terremoto, antes que lhe dissessem que uma pessoa tinha uma arma.

“Naquele momento, cada nova pessoa que via era um potencial atirador. Alguém disse que a pessoa atirou pela porta dos fundos”, afirmou Sherman no Twitter.

“Eu olhei para baixo e vi sangue pingando no chão e nas escadas, e então descemos as escadas e saímos pela frente”, disse Sherman.

A televisão local mostrou imagens de funcionários do YouTube saindo do prédio com as mãos levantadas.

Reportagem adicional de Gina Cherelus, Alex Dobuzinskis e Dan Whitcomb

Mundo

Morre o cientista Stephen Hawking

Informações do G1

Stephen William Hawking, físico e pesquisador britânico, morreu aos 76 anos nesta quarta-feira (14) em sua casa na Inglaterra. Hawking se tornou um dos cientistas mais conhecidos do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo. Também foi um exemplo de determinação por resistir muitos anos à esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa.

A morte foi comunicada por sua família à imprensa inglesa. “Estamos profundamente tristes pela morte do nosso pai hoje”, disseram seus filhos Lucy, Robert e Tim. “Era um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”, afirmaram em um comunicado. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Hawking nasceu em 8 de janeiro de 1942, exatamente 300 anos após a morte de Galileu, e morreu na mesma data do nascimento de Albert Einstein (14 de março de 1879).

No final da década de 1960, Stephen Hawking ganhou fama com sua teoria da singularidade do espaço-tempo, aplicando a lógica dos buracos negros a todo o universo. Ele detalharia o tema ao público em geral no livro “Uma breve história do tempo”, best-seller lançado em 1988.

Em 2014, sua história de vida foi contada no filme “A teoria de tudo”, que rendeu o Oscar de melhor ator a Eddie Redmayner, que interpretou o físico no cinema.

O físico também se destacou por ser portador da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e ter sobrevivido à doença por décadas, seguindo com sua carreira. Por causa da ELA, em certo ponto, Hawking só conseguia mover um dedo e os olhos voluntariamente.

A cadeira de rodas e a crescente dificuldade para se comunicar não o impediram, no entanto, de continuar com suas pesquisas, já que sua capacidade intelectual permaneceu intacta.

Hawking usava um sintetizador eletrônico para falar. A voz robótica produzida pelo aparelho para expressar suas ideias acabou se tornando não só uma de suas marcas registradas como foi constantemente ouvida e respeitada no mundo todo.

Para produzir sua “fala”, o físico formava as palavras em uma tela com o movimento dos olhos, também usado para movimentar sua cadeira de rodas.

ELA e vida pessoal
Quando completou 21 anos, Hawking foi diagnosticado com ELA. A doença causa morte dos neurônios motores, que são as células nervosas responsáveis por todos os movimentos do corpo. Aos poucos, os pacientes perdem a capacidade de se mover, de falar, de engolir e de respirar.

Por isso, Hawking vivia em uma cadeira de rodas e era dependente de um sistema de voz computadorizado para se comunicar com as pessoas.

Ele teve três filhos. Casou-se pela primeira vez em 1965 com Jane Hawking e se separou em 1991. Em 1995, teve seu segundo casamento com a enfermeira Elaine Mason e se divorciou em 2006.

Além de ser uma doença ainda sem cura, a esclerose amiotrófica tem um diagnóstico difícil. São necessários cerca de 11 meses para detectar a doença. A dificuldade existe porque não há nenhum exame de laboratório que indique alguma substância no sangue ou marcador de precisão para detectar a ELA.

Mundo

Avião cai com 67 passageiros no aeroporto do Nepal

Do G1

Um avião de passageiros caiu enquanto aterrisava no aeroporto de Katmandu, capital do Nepal, na manhã desta segunda-feira (12). A aeronave da companhia aérea bengalesa US-Bangla transportava 67 passageiros, segundo a Reuters.

As autoridades do aeroporto informaram que 17 pessoas foram resgatadas da aeronave, que tinha saído de Dacca (Bangladesh), de acordo com a porta-voz do aeroporto, ouvida pela agência Reuters. Fotos divulgadas em redes sociais mostram que muita fumaça podia ser vista à distância.

De acordo com as informações da BBC, o avião caiu do lado leste da pista do aeroporto Tribhuvan. A aeronave pousaria às 14h20 no horário local (5h30, em Brasília), informou o site de monitoramento aéreo FlightRadar24.

A mídia local identificou a aeronave como uma S2-AGU, um Bombardier Dash 8 Q400, mas a informação não foi confirmada oficialmente. O aeroporto foi fechado após o acidente.

Mundo

Jacob Zuma renuncia ao cargo de presidente da África do Sul

JOHANESBURGO (Reuters) – Jacob Zuma renunciou como presidente da África do Sul nesta quarta-feira, atendendo ordens do partido governista Congresso Nacional Africano (ANC) de por um fim a seus nove anos repletos de escândalos no poder.

Em um discurso de 30 minutos de despedida à nação, Zuma, de 75 anos, disse discordar da maneira como o ANC forçou sua saída precoce após a eleição de Cyril Ramaphosa como presidente do partido em dezembro, mas disse que irá aceitar as ordens do partido.

“Cheguei portanto à decisão de renunciar como presidente da república com efeito imediato”, disse Zuma.

“Ainda que discorde da decisão da liderança da minha organização, eu sempre fui um membro disciplinado do ANC”, disse.

O partido governista havia informado que iria votar pela saída de Zuma na quinta-feira.

“Nenhuma vida deve ser perdida em meu nome. E também o ANC não deve ser dividido em meu nome”, disse Zuma.

O ANC, que substituiu Zuma como líder partidário em dezembro pelo vice-presidente Cyril Ramaphosa, ordenou que Zuma renunciasse como presidente na terça-feira. Após ele não ter renunciado, o partido informou que iria apoiar uma moção de oposição no Parlamento para forçar sua saída.

Sua renúncia encerra a carreira do ex-combatente da resistência antiapartheid, que possui quatro esposas, uma língua afiada e um histórico de décadas de envolvimento em escândalos que polarizaram a “Nação Arco-íris” de Nelson Mandela.

O rand, que ganhou terreno todas as vezes que Zuma atingiu uma turbulência política, cresceu mais de um por cento, para uma alta de dois anos e meio de 11,79 contra o dólar durante o dia, conforme aumentava a pressão sobre Zuma para renunciar.

Mundo

Sobe para 50 número de mortos em ataque em Las Vegas

Leandra Felipe – Correspondente da Agência Brasil

O número de mortos pelo ataque indiscriminado contra os participantes de um show de música country em Las Vegas já chega a pelo menos 50, enquanto são mais de 400 os feridos, informaram as autoridades americanas.

O chefe da Polícia Metropolitana de Las Vegas, Joe Lombardo, atualizou os números em uma entrevista coletiva. Ele disse que o suposto autor, que fez o ataque do 32° andar do Mandala Bay Hotel e Casino, que fica próximo ao local do show, já foi identificado. É Stephen Paddock, de 64 anos. O atirador foi encontrado morto pela polícia.

A companheira de quarto do atirador, Marilou Danley, uma mulher asiática, está sendo procurada pela polícia.

Lombardo afirmou que o FBI e a polícia local estão investigando e que – apesar de ser uma investigação de longo prazo – o ataque tem características de “lobo solitário”, quando um indivíduo age sozinho. Mesmo assim, a companheira de quarto do suspeito está sendo procurada.

As autoridades disseram que um policial de plantão está em estado crítico e outro ficou ferido no tiroteio. Dois policiais fora de serviço presentes ao show foram mortos.

O atentado aconteceu durante a apresentação do astro da música country Jason Aldean, no Harvest Festival Rota 91. Segundo informações, ele estava tocando a última música do concerto, quando os tiros começaram a ser disparados.

Os sobreviventes disseram ter pensado que os disparos eram fogos de artifício. Videos postados nas redes sociais mostram o pânico das pessoas fugindo dos disparos.

*Com informações da Agência EFE

636425351528632394w

Mundo

Ataque em Las Vegas deixa pelo menos 20 mortos e mais de 100 feridos

Da Agência EFE

Pelo menos 20 pessoas que assistiam a um show de música country foram mortas e cerca de 100 ficaram feridas em um ataque a tiros registrado na noite desse domingo (horário local, madrugada de segunda-feira em Brasília) em Las Vegas, nos Estados Unidos (EUA), informaram as autoridades locais.

O chefe da Polícia Metropolitana de Las Vegas, Joe Lombardo, informou, em entrevista, o número de vítimas. Ele disse que o suposto autor do tiroteio foi morto posteriormente pela polícia em um hotel próximo ao local do show.

O ataque ocorreu no encerramento do festival country Route 91 Harvest, que acontecia ao ar livre perto do Hotel Mandalay Bay, na zona sul da famosa avenida que concentra os principais hotéis e cassinos de Las Vegas.

Segundo Lombardo, o suspeito agiu sozinho e fez o ataque a partir do 32º andar do hotel, onde foi encontrado e abatido pelos agentes.

Sobre a identidade do suspeito, Lombardo disse que se trata de um morador local e confirmou que a polícia procura a acompanhante do agressor, que identificou como uma mulher asiática chamada Marilou Danley.

Pouco após os disparos, a polícia determinou o fechamento de uma ampla seção do sul do Boulevard Las Vegas, via principal da cidade, bem como de várias ruas próximas.

O ataque aconteceu por volta das 22h de ontem (horário local, 1h de segunda-feira em Brasília) enquanto o cantor de música country Jason Aldean se apresentava no encerramento do festival.

Segundo testemunhas, nessa hora foram ouvidas longas rajadas de tiros, dados possivelmente com um fuzil semiautomático, que provocaram pânico entre o público e que continuaram inclusive depois que a banda parou de tocar.

Entre os mortos há policiais fora de serviço que assistiam ao show, segundo Lombardo, e se teme que entre os feridos haja mais agentes, porque tinham ido em grupo.

Os feridos foram levados em ambulâncias principalmente para o University Medical Center e para o Sunrise Hospital Medical Center, onde muitos deles se encontram em estado crítico.

Devido ao incidente, além do fechamento da zona sul da cidade e de uma estrada, vários voos com destino ao Aeroporto Internacional de Las Vegas foram desviados para outros terminais como medida de precaução.

Mundo

Terremoto de magnitude 6,1 atinge a costa do Japão

O Estado de S.Paulo

TÓQUIO – Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu a costa oriental do Japão nesta quarta-feira, 20, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos (USGS). Ainda não há informações sobre danos e vítimas.

O tremor ocorreu no solo oceânico, a 10 quilômetros de profundidade e a 281 quilômetros da costa da Ilha de Honshu. Não foi emitido um alerta de tsunami.

Um terremoto seguido de tsunami no Japão em 2011 provocou um acidente nuclear na usina de Fukushima.

Mundo

Terremoto de magnitude 7,1 deixa mortos no México

Um forte tremor foi registrado no México na tarde desta terça-feira (19). O Serviço Geológico dos EUA (USGS) detectou terremoto de magnitude 7,1 com epicentro perto da cidade de Izucar de Matamoros, que fica ao sul da Cidade do México, às 15h14 (hora de Brasília).

Há pelo menos 50 mortos em 3 estados; 27 prédios caíram na Cidade do México; há incêndios e pessoas presas nos escombros.

*Informações do G1

Prédio desaba após terremoto atingir a Cidade do México (Foto: Claudia Daut/Reuters)

Prédio desaba após terremoto atingir a Cidade do México (Foto: Claudia Daut/Reuters)

Avenida Reforma fica lotada após prédios serem evacuados por causa do tremor que atingiu a Cidade do México (Foto: Rebecca Blackwell/AP Photo)

Avenida Reforma fica lotada após prédios serem evacuados por causa do tremor que atingiu a Cidade do México (Foto: Rebecca Blackwell/AP Photo)

Pacientes em camas são vistos do lado de fora após hospital ser evacuado devido a tremor na Cidade do México (Foto: Marco Ugarte/AP Photo)

Pacientes em camas são vistos do lado de fora após hospital ser evacuado devido a tremor na Cidade do México (Foto: Marco Ugarte/AP Photo)

Mundo

Novo furacão no Caribe

(Agência Reuters) – O furacão Maria se intensificou para um furacão de categoria 4 extremamente perigoso, na escala Saffir-Simpson que vai até 5, e espera-se que se fortaleça ainda mais, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) nesta segunda-feira.

O furacão Maria estava cerca de 55 km a nordeste de Martinica, com ventos máximos sustentados de 215 km por hora, segundo o centro baseado em Miami.

“O centro de Maria se aproximará de Dominica e das Ilhas Leeward adjacentes durante as próximas horas, no extremo nordeste do Mar do Caribe, e chegará a Porto Rico e Ilhas Virgens na noite de terça e na quarta-feira”, afirmou o NHC.

Mundo

Furacão perde força e se torna tempestade tropical perto da costa da Flórida

Da Agência EFE

O furacão Irma foi rebaixado nesta segunda-feira (11) à categoria de tempestade tropical junto à costa oeste da Flórida, avançando rumo ao norte dos Estados Unidos, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês). A informação é da EFE.

Em seu boletim das 9h (horário de Brasília), o NHC disse que o Irma, que já tinha caído para categoria 1, apresentava ventos de até 120 quilômetros por hora, embora ainda produza rajadas quase tão fortes quanto às de furacão. O fenômeno climático estava a cerca de 50 quilômetros de Cedar Key e se desloca a cerca de 30 quilômetros por hora rumo ao noroeste, uma trajetória que deve ser mantida até amanhã.

Mundo

Furacão provoca destruição e mortes em Cuba e se aproxima da Flórida

(Reuters) – O furacão Irma arrasou a costa norte de Cuba, neste sábado, e se aproxima da Flórida, onde milhões de habitantes foram avisados que precisam deixar suas casas, depois de a tempestade matar 22 pessoas no Caribe e devastar onde passou.

Ainda uma tempestade categoria 5 quando chegou a Cuba, nas primeiras horas de sábado, o Irma enfraqueceu ligeiramente enquanto passou pela costa norte da ilha, derrubando cabos de energia, curvando palmeiras e causando grandes ondas.

A velocidade máxima dos ventos caiu para aproximadamente 215 quilômetros por hora na manhã de sábado, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, sigla em inglês), colocando-o como uma perigosa tempestade categoria 4, o segundo maior nível.

No entanto, o NHC disse que o Irma recuperará força na sua trajetória a partir de Cuba e deve se manter como um furacão poderoso ao se aproximar da Flórida, chegando a Keys na manhã de domingo.

Uma das mais poderosas tempestades do Atlântico em um século, o Irma deve causar muitos danos por causa da força dos ventos e das enchentes no quarto estado mais populoso dos Estados Unidos.

A destruição na costa norte de Cuba foi parecida com a que foi vista em outras ilhas do Caribe ao longo da última semana. O Irma passou pela província de Ciego de Avila por volta da meia-noite.

A imprensa estatal afirmou que foi a primeira vez que o olho de um furacão categoria 5 atingiu terra firme desde 1932. Nos dias anteriores à chegada do Irma, o governo comunista da ilha evacuou dezenas de milhares de turistas estrangeiros de resorts na costa norte.

Com a tempestade em direção aos Estados Unidos, oficiais na Flórida ordenaram uma evacuação sem precedentes, correndo para superar estradas lotadas, falta de gasolina e a movimentação de moradores idosos rumo à segurança.

Um total de 5,6 milhões de pessoas, ou 25 pro cento da população do Estado, receberam ordens para deixar a Flórida, de acordo com a Divisão da Administração de Emergência da Flórida.

Os Estados Unidos foram atingidos por apenas três tempestades categoria 5 desde 1851, e o Irma é muito maior que o último, em 1992, o furacão Andrew, de acordo com a Agência Federal de Administração de Emergências (Fema).

Mundo

Disney fecha parques por dois dias para passagem de furação

*Com informações do G1

A Disney fechará seu complexo de parques próximo a Orlando por pelo menos dois dias por causa da chegada do furacão Irma na Flórida. A previsão é que o fenômeno, um dos mais fortes do Atlântico em um século, alcance os Estados Unidos no domingo (10).

As atividades serão encerradas mais cedo no sábado (9) – entre 19h e 21h (horário local) – e a área permanecerá fechada até segunda-feira (11). Em um comunicado, o Walt Disney World Resort diz que espera retomar as operações normais na terça (12). Os hotéis do resort permanecerão abertos.

Outros parques temáticos da Flórida também anunciaram mudanças na programação. O Universal Orlando suspenderá as atividades na noite de sábado e permanecerá fechado até segunda, segundo a Associated Press.

O Sea World, parque aquático de mamíferos marinhos em Orlando, também ficará fechado no domingo e na segunda.

Em outubro do ano passado, parques temáticos também fecharam para o furacão Matthew, que contornava a costa sudeste da Flórida.

Nesta sexta (8), o presidente Donald Trump pediu aos cidadãos que saiam do caminho do furacão, que classificou como “de proporção épica” e “talvez o maior” já visto no país. “Estejam a salvo e saiam do seu caminho, se possível. O Governo Federal está preparado”, escreveu em sua conta no Twitter.

Mundo

Atentado terrorista em Barcelona

Informações da Agência Brasil

A Polícia regional da Catalunha confirmou que o atropelamento desta quinta-feira (17) na cidade de Barcelona é um atentado terrorista, com pelo menos dois mortos e 20 feridos. As informações são da agência de notícias EFE.

A Polícia procura duas pessoas como supostos autores do que já está sendo considerado um ataque terrorista e acredita-se que um deles se refugiou em um bar com uma arma, enquanto o outro conseguiu fugir, segundo as primeiras hipóteses das forças de segurança.

Além disso, um segundo veículo poderia estar envolvido na ocorrência.

Aparentemente, a van usada no atropelamento saiu da estação de metrô de Las Ramblas, circulou pela pista central desta avenida e bateu contra vários veículos no percurso, parando praticamente na entrada do Liceu (ópera de Barcelona).

As forças de segurança isolaram a região, enquanto as equipes de emergência realizam operação de assistência às vítimas.

Van atropela pedestres no centro de Barcelona - Foto: Andreu Dalmau/Agência Lusa/EPA/Direitos reservados

Van atropela pedestres no centro de Barcelona – Foto: Andreu Dalmau/Agência Lusa/EPA/Direitos reservados

Mundo

Incêndio mata 62 pessoas em Portugal

LISBOA (Reuters) – Um enorme incêndio florestal iniciado no sábado, na região central de Portugal, matou pelo menos 62 pessoas, o governo informou no domingo, no que é possivelmente o incêndio em floresta com mais vítimas no país.

“A dimensão deste fogo foi tal que não temos memória de tal tragédia humana”, disse o primeiro-ministro Antonio Costa quando chegou a Pedrogão Grande, uma área montanhosa cerca de 200 km a nordeste de Lisboa.

Ele disse que era vital se concentrar na prevenção de novos incêndios, em meio a uma contínua onda de calor, ventos fortes e falta de chuva. Ele também advertiu que o número de mortes ainda poderia aumentar.

O governo português declarou três dias de luto e enviou dois batalhões do exército para ajudar os serviços de emergência. A União Européia disse que enviará aeronaves de combate a incêndios.

A França ofereceu três aviões e a Espanha enviou dois, disseram autoridades.

No Vaticano, o papa Francisco, que visitou Portugal no mês passado, mencionou as vítimas em seu discurso semanal: “Estou perto do povo querido de Portugal, atingido por um fogo devastador que está furioso nas florestas em torno de Pedrogão Grande, causando muitos Vítimas e ferimentos. Rezemos em silêncio.”

Mundo

Ataque de hackers provoca alerta no mundo 

Por France Press

Uma onda de ciberataques “sem precedentes” ainda atingia neste sábado, 13, uma centena de países em todo o mundo, afetando o funcionamento de muitas empresas e organizações, entre elas os hospitais britânicos, a gigante espanhola Telefónica ou o construtor francês Renault.

“O ataque é de um nível sem precedentes e exigirá uma complexa investigação internacional para identificar os culpados”, indicou em um comunicado o serviço europeu de polícia, Europol.

Mundo

Macron vence eleição na França

PARIS (Reuters) – Emmanuel Macron foi eleito presidente da França neste domingo, derrotando Marine Le Pen, uma nacionalista de extrema-direita que ameaçou retirar o país da União Europeia, mostram as primeiras projeções sobre o resultado do pleito.

A vitória do candidato centrista deve ser significativa, aliviando preocupações de aliados europeus que temiam outra agitação populista na sequência da decisão em referendo do Reino Unido por deixar a União Europeia e da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

O ex-banqueiro de investimentos de 39 anos, que foi ministro da Economia por dois anos, mas nunca havia ocupado um cargo eletivo, irá agora se tornar o mais jovem líder francês desde Napoleão, sob uma promessa de superar ultrapassadas divisões entre esquerda e direita.

Três projeções, divulgadas minutos após o fechamento das urnas, às 8 horas da noite no horário local, mostraram Macron vencendo Le Pen com cerca de 65 por cento contra 35 por cento, uma margem maior que os 20 por cento estimados em pesquisas anteriores.

Mundo

Policial e suposto atirador morrem em tiroteio na Champs-Élysées

Da Agência EFE

Um tiroteio ocorrido hoje (20) na Avenida Champs-Élysées, um dos lugares mais famosos de Paris, provocou duas mortes – a de um policial e do suposto autor dos primeiros disparos, segundo a rede de televisão BFMTV, que também informou que outro policial ficou ferido. As informações são da Agência EFE.

O tráfego na avenida foi fechado ao público. Um grande contingente policial está no local. Ainda de acordo a emissora, o tiroteio ocorreu perto da loja Mark and Spencer, por volta das 21h (16h no horário dede Brasília).

As autoridades não informaram o motivo do tiroteio, que aconteceu a três dias do primeiro turno das eleições presidenciais.

Mundo

Papa Francisco defende o apego à fé contra guerra e ódio

O Estadão

Em um discurso improvisado no domingo de Páscoa, o papa Francisco encorajou as pessoas a entregarem seus “corações temerosos” à fé. O papa citou guerras, doenças e ódio no mundo, reconhecendo que muitos se perguntam onde Deus pode estar em meio a tanto mal e sofrimento.

Dezenas de milhares de fiéis enfrentaram pesadas revistas de segurança e, mais tarde, uma forte chuva para chegar à praça São Pedro, onde o Francisco celebrou uma missa nos degraus que levam à Basílica de São Pedro.

Nesta Páscoa, o papa Franscisco quebrou a tradição e deu uma homilia- prática que instruir fieis sobre a religião – informal durante a missa para tentar responder aquilo que ele descreveu como uma pergunta incômoda para muitos fiéis: por que existem tantas tragédias e guerras no mundo se Jesus voltou dos mortos, uma crença que os cristãos celebram toda Páscoa.

“A Igreja nunca deixa de dizer, ao ser colocada diante de derrotas e de nossos corações fechados e cheios de medo: ‘pare, o Senhor levantou’. Mas, se o Senhor ressuscitou, como podem ocorrer essas coisas?”, disse Francisco citando acidentes, doenças, tráfico de pessoas, vingança e ódio.

A Páscoa, disse Francisco, não é apenas “uma festa bonita cheia de flores”. “É mais que isso”, afirmou, descrevendo a ocasião como um momento para refletir sobre o mistério da fé. O papa afirmou que a Páscoa traz “um sinal no meio de muitas calamidades: um senso de olhar para frente, de dizer não olhe para um muro quando há um horizonte, há vida e há alegria.

Contra o terrorismo. O papa Franscisco condenou o ataque contra a retirada de civis que aconteceu na Síria no sábado, 15.

Após a explosão de um carro bomba, ao menos 112 pessoas morrem em Aleppo. O papa considerou o ataque uma ação ingóbil e repugnante. “Deus está cuidando, de seu jeito, de quem trabalha para trazer confortor para a população síria”. Fonte: Associated Press.

Foto: L’Osservatore Romano/AP