Expectativa do IDIARN é vacinar mais de 90% do gado em 2011

O prazo final para a apresentação da guia de vacinação para a febre aftosa ainda não acabou, mas o Governo do Estado já pode comemorar. 

Das 950 mil vacinas colocadas a disposição dos criadores, 91,3% foi comercializada, podendo superar em mais de dez por cento o índice de vacinação registrada no ano passado, que chegou a 80%, isso devido ao período prolongado de estiagem, fazendo com que o criador tenha receio de vacinar o gado.

Em 2011, o inverno contribuiu com as pastagens e na engorda dos animais, uma forma de incentivo à vacinação, que atinge todas as regiões do RN.

 O período de campanha durou exatamente trinta e um dias, iniciando em 1° de maio, seguindo até o dia 30, porém, quem vacinou o seu rebanho tem até o dia 15 de junho para fazer a Declaração de Vacinação nas Secretarias de Agricultura dos Municípios, EMATER e nos escritórios do IDIARN, recebendo a GTA, Guia de Trânsito Animal, que autoriza o deslocamento em todo o Rio Grande do Norte.

O pecuarista que for pego sem a GTA recebe uma multa e se for secundário, isto é, não tiver vacinado o rebanho em 2010, já é multado automaticamente. Se o agricultor tiver dificuldade em fazer a Declaração de Vacinação, devido à greve da EMATER, deve procurar a jurisdição do IDIARN mais próxima.

 Passando esse período, o criador ainda pode vacinar o gado, mas para isso precisa de uma autorização do Instituto, quando receberá um auto de infração e terá que apresentar uma justificativa pela falta de vacinação.