A situação da Saúde do Estado está ficando insustentável, de acordo com o deputado Hermano Morais (PMDB), que fez pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (19) chamando a atenção para o agravamento na assistência pediátrica.

“As crianças estão muito mal assistidas, em que pese o esforço dos especialistas para atenderem esse segmento da população. O que se verifica é a falta de planejamento desde a assistência básica. Mães e pais de famílias recorrem à Justiça para conseguir o atendimento dos seus filhos. É patente a falta de leitos de UTI neonatal no Rio Grande do Norte”, afirma o deputado.

O deputado Álvaro Dias (PMDB), também externou a sua preocupação com a situação da Saúde Pública no Rio Grande do Norte.

“O secretário Lagreca demonstrou a sua competência. Tem todas as condições para exercer bons trabalhos, como o que fez à frente da Secretaria de Saúde Pública. Entretanto, não encontrou à frente do órgão o respaldo que esperava por parte do Governo, o que culmina agora com o seu pedido de exoneração”, disse Álvaro.