Após uma reunião ocorrida nesta sexta-feira (27), entre a consultora Geral do Estado, Tatiana Mendes Cunha, o secretário de Estado da Saúde Pública, Domício Arruda e o presidente do Sindicato dos Médicos, Geraldo Ferreira, os médicos decidiram suspender o indicativo de greve.

No encontro, foram definidos novos prazos e flexibilização das propostas do sindicato. “Recebemos um convite para discutir a situação junto com o secretário Domício Arruda e a consultora Tatiana Mendes Cunha. Como entendemos a situação atual do estado com relação às dificuldades orçamentárias, estamos estabelecendo mais prazo para nossos pleitos”, disse Geraldo Ferreira.

De acordo com o presidente do sindicato, as novas condições serão discutidas com a categoria numa assembléia a ser realizada nesta terça-feira (31), entre elas, um prazo até o final do ano para a resolução das reivindicações apresentadas.

Os comentários estão fechados.