O juiz da 7ª Vara Criminal de Natal, José Armando Ponte Júnior, determinou nesta terça-feira (20) a expedição do mandado de prisão preventiva de Maria das Graças de Macedo Bernardo, mãe dos acusados da Operação Pecado Capital, Rychardson e Rhandson Macedo. Ambos respondem por supostos desvios de recursos públicos do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem/RN).

O magistrado acatou somente em parte os requerimentos do Ministério Público. Ele negou novos pedidos de prisão – desta vez em caráter preventivo e não temporário – de Adriano Flávio Cardoso Nogueira, Aécio Aluízio Fernandes de Faria e Daniel Vale Bezerra. Jeferson Witame Gomes e o pai de Rychardson, José Bernardo, tiveram os pedidos de prisão indeferidos pela segunda vez.

José Armando Ponte afirmou que a reclusão de Maria das Graças Macedo foi decretada por “conveniência da instrução processual”.