O vice-governador-eleito, Robinson Faria (PMN), não segue a governadora-eleita, Rosalba Ciarlini (DEM), no que se diz respeito à sucessão presidencial.

O vice esperou só a Rosa chegar da Alemanha, para anunciar que vai de Dilma.

E o motivo é bem simples: Robinson está afinadíssimo com o deputado federal Henrique Alves (PMDB), eleitor nº 1 de Dilma.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.