O prefeito Álvaro Dias convocou para hoje (21), às 10 horas, na Prefeitura, uma reunião com entidades como Fiern, Fecomércio, CDL, Seturn, hospitais privados, Secretarias Municipais de Saúde e de Mobilidade para rediscutir a medida que suspende o transporte coletivo a partir de domingo na cidade durante 15 dias.

A ideia é buscar um consenso diante da necessidade de preservar a condição de mobilidade dos trabalhadores dos serviços essenciais e de outro evitar aglomeração de pessoas nas ruas e no próprio transporte.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.