PROCON do RN vai abrir procedimento contra escolas particulares que estarão em greve nesta sexta (28)

As escolas particulares católicas do Rio Grande do Norte decidiram aderir à greve geral que ocorrerá nesta sexta-feira (28), contra as reformas propostas pelo Governo de Michel Temer.

A decisão causou revolta nos pais, que pagam a mensalidade durante 12 meses e os filhos já gozam de férias duas vezes ao ano.

Após várias denúncias, o PROCON do Rio Grande do Norte decidiu abrir procedimento contra os estabelecimentos de ensino particulares que participarão do movimento grevista, objetivando a devolução proporcional da mensalidade.

z