Em assembleia realizada nesta quinta-feira (29), os servidores da saúde do Rio Grande do Norte aprovaram a realização de paralisações de 24h todas as sextas-feiras, a partir do dia 20 de setembro, Dia Nacional de Luta, até que a pauta de reivindicações da categoria seja atendida.

Com três folhas salarias em atraso, os servidores da saúde cobram o pagamento dos salários atrasados, do calendário de pagamento de 2019, reajuste salarial, concurso público, o direito a incorporação das gratificações na aposentadoria e melhorias nos hospitais regionais.