Após reunião com servidores do Estado, o governador Robinson Faria teve seu carro atacado por servidores que ainda estão sem o salário de novembro.

Também preferiram palavras de ordem contra o chefe do executivo estadual.