Com dois votos favoráveis na sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o ex-presidente Michel Temer será solto da prisão nesta terça-feira (14).

Temer está preso na sede do Comando de Policiamento da Polícia Militar em São Paulo.

Medidas cautelares foram estabelecidas pelos Ministros, como impedimento de manter contato com outros investigados, proibição de se ausentar do país, entrega de passaporte à Polícia Federal e bloqueio de bens.

O Coronel Lima também será solto e vai ter que cumprir as cautelares.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.