Política

Coronavírus: Governadora anuncia que Bares e Restaurantes fecham por 5 dias no RN

Como medida preventiva ao Coronavírus, a governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou o fechamento de bares e restaurantes no Rio Grande do Norte por cinco dias.

Política

“Conseguimos ser ouvidos pelos deputados, já que a governadora não teve tempo de ouvir os servidores”, diz Presidente de Sindicato

Na reunião que teve hoje pela manhã na Assembleia Legislativa com deputados, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN, Janeayre Souto, criticou a falta de diálogo com a governadora Fátima Bezerra (PT).

“Conseguimos ser ouvidos pelos deputados, já que a governadora não teve tempo de ouvir os servidores e fechamos propostas a partir do que trouxemos”, destacou.

Não pega bem para uma governadora de origem popular receber uma crítica dessa.

Política

Ao lado da maioria da bancada, Fátima Bezerra se reúne pela primeira vez com o Ministro Rogério Marinho

A governadora Fátima Bezerra (PT) se reuniu na noite dessa terça-feira (10) com o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em Brasília.

Presença da maioria da bancada: os senadores Jean-Paul Prates e Zenaide Maia; e os deputados federais Benes Leocádio, Beto Rosado, Fábio Faria, General Girão, João Maia, Natália Bonavides e Walter Alves.

Um RN acima de questões políticas. Como deve ser.

A pauta foi continuidade das obras da Barragem de Oiticica, seguimento às obras de recuperação da Barragem de Passagem das Traíras, demandas relativas ao Pró-Transporte, importante projeto de mobilidade urbana na Zona Norte de Natal, adiantando que o governo já tomou as providências para a licitação da segunda etapa da ação, além da necessidade de liberação de recursos de R$ 2,7 milhões necessários à execução do projeto de proteção da Ponte Newton Navarro.

A governadora destacou ainda da importância do Projeto Seridó e da construção do ramal do Apodi-Mossoró, que levará agua até a chamada “tromba do elefante”, que é será a última etapa da transposição do rio São Francisco, trazendo esperança para os potiguares que vivem no dia a dia os constantes problemas de abastecimentos nas regiões do semiárido.

“Quero expressar que a audiência foi muito positiva. O ministro foi bastante atencioso, assumindo o compromisso de dar continuidade a todas as parcerias em curso entre o ministério e Governo do Rio Grande do Norte”, declarou Fátima.

Fátima e bancada potiguar em reunião com o Ministro Rogério Marinho - Foto: Joel Ribeiro

Fátima e bancada potiguar em reunião com o Ministro Rogério Marinho – Foto: Joel Ribeiro

Política

Benes entrega emendas ao Governo do Estado

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) esteve nesta sexta-feira (06) reunido com a governadora Fátima Bezerra, secretários de Estado, diretores de entidades e associações, para comunicar e fazer a entrega formal das emendas parlamentares individuais destinadas pelo seu mandato para investimentos no Rio Grande do Norte.

Os recursos que somam mais de R$ 5 milhões, serão aplicados nas áreas de saúde, segurança, educação, turismo e agricultura, beneficiando vários municípios potiguares.

DeputadoBenes entrega mais de R$ 5 milhões em emendas ao Governo do RN (1)

Política

Fátima Bezerra mal na fita com os colegas professores

A governadora Fátima Bezerra (PT), que é professora, se reuniu ontem (03) com os colegas, na presença do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE), do qual é uma das fundadoras.

A categoria está com indicativo de greve contra a proposta do Governo Fátima de pagar o novo piso dos professores de forma parcelada.

E a governadora segue mal na fita com os colegas de profissão por não querer implantar imediatamente o novo piso, coisa que não ocorreu nos governos anteriores de Wilma de Faria, Rosalba Ciarlini e Robinson Faria, que cumpriram a lei do piso de maneira imediata.

Nas redes sociais, mais precisamente em grupos de WhatsApp de professores do Estado, são muitas as críticas à governadora, vindas de eleitores dela.

A terceira proposta foi apresentada pelo Governo do RN, como divulgamos em primeira mão ainda no decorrer da reunião:

1- Implantar o reajuste de 12,84% em três parcelas cumulativas de 4,11%, para os ativos nos meses de junho, setembro e dezembro de 2020.

2 – Implantar o reajuste para os aposentados nos meses de agosto, outubro e dezembro de 2020.

3 – Pagar o retroativo em 24 meses a partir de janeiro de 2021, com garantia de antecipação das parcelas no momento do recebimento de recursos extras do Fundeb.

Os professores do Estado vão analisar a proposta do Governo em assembleia nesta quarta-feira (04), às 14h30, no Winston Churchill.

FB

Política

Governo do RN garante cumprimento do piso salarial do magistério; Faltou data da implantação

O Governo do Estado, através da governadora professora Fátima Bezerra e do secretário de estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC-RN), professor Getúlio Marques, assegura o cumprimento do Piso Nacional do Magistério. Em janeiro de 2020, o Ministério da Educação (MEC) anunciou reajuste de 12,84%.

O salário dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira passará de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. “Nós continuamos abertos ao diálogo com o sindicato, garantindo não somente o reajuste, como também o pagamento retroativo”, afirmou o secretário.

No release à imprensa, faltou dizer a data de implantação.

Política

Sindicato afirma que Fátima é a primeira governadora do RN a não pagar o piso dos professores

Logo uma governadora que é professora será a primeira a não pagar o piso dos professores no RN.

Fátima Bezerra (PT) quer implantar o novo piso de forma parcelada, diz o Sindicato dos Servidores da Administração Direta (SINSP).

“Um completo absurdo pra quem se diz de um governo popular e por tanto tempo defendeu a classe dos professores, da qual ela também faz parte. Mas, em vez de cumprir o que está sendo feito no país, que é atualizar o salário de uma vez só desde janeiro dos servidores ativos e aposentados, Fátima quer que o reajuste aconteça em três vezes, e sem pagar retroativo”, critica o Sindicato.

As ex-governadoras Wilma de Faria e Rosalba Ciarlini, e o ex-governador Robinson Faria, pagaram o piso aos professores.

Reajuste

O piso salarial nacional dos profissionais do magistério público da educação básica deve ser atualizado anualmente. A atualização acontece no mês de janeiro.

O aumento deve considerar o mesmo porcentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno dos anos iniciais do ensino fundamental urbano do Fundeb nos dois exercícios anteriores.

Governadora Fátima Bezerra - Foto: Alex Régis

Governadora Fátima Bezerra – Foto: Alex Régis

Política

Governadores acatam proposta de Fátima para aprovação do novo Fundeb

Reunido em Brasília na manhã desta quarta-feira, 11, o Fórum dos Governadores do Brasil acatou por unanimidade a nota apresentada pela governadora Fátima Bezerra que solicita a aprovação rápida pelo parlamento da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria o novo Fundo de Desenvolvimento e Valorização do Ensino Básico – Fundeb.

O Fundeb que está em vigor tem validade até junho deste ano. Após este prazo, se não for aprovado o novo Fundeb, a educação básica, que atende 40 milhões de brasileiros, ficará sem sua principal fonte de financiamento. Diante deste quadro, os governadores externaram sua preocupação na carta elaborada pela governadora Fátima Bezerra que, como deputada federal, foi relatora do atual Fundeb.

Os governadores solicitam agilidade da Câmara dos Deputados e do Senado Federal na aprovação da PEC 15/15 que é considerada, entre outras três em tramitação, a que melhor atende as necessidades.

Política

Fátima recusa diálogo com sindicatos

A governadora de origem popular, Fátima Bezerra (PT), insiste na recursa de sentar para dialogar com os servidores públicos do estado, que deciram em reunião do Fórum Estadual dos Servidores, realizada na manhã desta segunda-feira (10), que a luta a partir de agora será na Assembleia Legislativa.

Embora a chefe do executivo estadual tenha se mobilizado para conversar com outros poderes, tem se omitido de uma conversa com o Fórum. Apesar disso, os servidores vão continuar indo encontrar a governadora, reiterando que são CONTRA a reforma da Previdência proposta pelo governo estadual.

Hoje, o Fórum encaminhou os seguintes pontos:

• Participará de audiência pública, proposta pelo deputado estadual Sandro Pimentel(PSOL), na próxima quinta-feira (13), às 14 horas, na Assembléia Legislativa
• Reafirmação de que o Fórum Estadual dos Servidores só senta com a presença da governadora Fátima Bezerra para discutir sobre a reforma da Previdência
• Após o envio da PEC da reforma da Previdência para a Assembleia Legislativa, o Fórum Estadual dos Servidores irá dialogar com os 24 deputados e deputadas;

Estiveram presentes na reunião o SINSP, SINDSAÚDE, SINAI, SINTERN, SINDERN, ADUERN, SOERN, SINDECON, SINTE, SINDSEMP, SINDJUSTIÇA e o SINPOL.

Política

Fátima e os prefeitáveis do PT de Natal prestigiam a festa pelos 40 anos do partido no Rio de Janeiro

A governadora Fátima Bezerra cumpriu agenda administrativa no Rio de Janeiro no decorrer da semana e já ficou por lá.

Nada de prévia carnavalesca.

Ao lado dos companheiros que podem disputar a Prefeitura de Natal, o senador Jean-Paul, a deputada federal Natália Bonavides e o médico Alexandre Motta, participou da programação pelos 40 anos do Partido dos Trabalhadores (PT).

Política

Fátima sob pressão para parabenizar Rogério

Foi muita pressão sob a governadora Fátima Bezerra (PT) para parabenizar o Ministro Rogério Marinho (PSDB).

Logo cedo, mais precisamente às 08:57, o deputado Nelter Queiroz (MDB) cobrou da governadora:

De 11:49, Fátima postou no Twitter que parabenizou Rogério:

Depois veio o agradecimento de Nelter a Fátima por ter atendido sua sugestão:

Do blog: A governadora deveria ter sido uma das primeiras a ligar. Teria evitado pressão. E se configuraria um gesto espontâneo com o Ministro potiguar.

Política

Fátima nas mãos de Rogério Marinho

A governadora Fátima Bezerra (PT) certamente nunca pensou que fosse precisar tanto de Rogério Marinho.

Como Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho vai coordenar áreas sociais de grande relevância do Governo Federal.

E grandes programas de Segurança Hídrica, Habitação e Saneamento Básico.

Ou seja: Fátima está nas mãos de Rogério.

Política

Deputados criticam ausência de Fátima na abertura do ano legislativo

O ineditismo da ausência da governadora Fátima Bezerra (PT) na sessão que marcou a abertura formal dos trabalhos parlamentares da Assembleia Legislativa foi destacado pelos deputados na sessão ordinária de ontem (04).

Pautou os pronunciamentos de Gustavo Carvalho (PSDB), José Dias (PSDB), Coronel Azevedo (PSC), Kelps Lima (SDD) e até Sandro Pimentel (PSOL).

Política

Fátima convoca 600 novos professores para a rede pública estadual

A governadora Fátima Bezerra anunciou nessa terça-feira (04) a convocação de 600 professores que irão compor o quadro efetivo da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC).

O número de convocados atende às necessidades das Direcs (Diretorias Regionais de Educação e Cultura) e vem se somar aos 14.098 professores ativos, segundo dados da Secretaria de Estado da Administração.

A convocação foi publicada nesta quarta-feira (05) no Diário Oficial e os professores já deverão iniciar suas atividades no 1º bimestre do ano letivo estadual, que se inicia em 17 de fevereiro.

Foto: Sandro Menezes

Política

Sindicato propõe protesto em frente à casa da governadora

Do Site do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Rio Grande do Norte:

Já que a governadora Fátima Bezerra continua a fugir dos trabalhadores do Rio Grande do Norte, o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta do RN vai propor ao Fórum Estadual realizar um café da manhã em frente à casa da chefe do executivo estadual.

O SINSP reitera e lamenta a postura de Fátima frente aos trabalhadores estaduais, aos quais ela tem destinado ausência em reuniões e inclusive na leitura anual da mensagem na Assembleia Legislativa.

Os servidores estarão unidos contra a reforma da Previdência e insistentes para que seus direitos sejam mantidos, mesmo que um governo tido como popular tente traí-los com taxações e retirada de direitos.