Sem saber o prejuízo que estava dando para a coleção particular de vinhos do seu pai, uma jovem espanhola, de 19 anos, acabou usando um vinho, guardado por 17 anos e avaliado em cerca de R$ 18 mil reais para fazer uma sangria.

A sangria foi feita pela jovem durante uma festa no último final de semana em Madri, e, acreditem, levou como ingrediente o vinho Petrus, da tradicional região de Pomerol, na França.

Segundo o jornal espanhol “Olive Press”, Jones, dono do vinho, deixou a filha fazer uma festa com os amigos na sala de casa. Ele até apareceu na sala, interagiu, bebeu e depois deixou os jovens se divertirem sozinhos. No entanto, não esperava nem jamais imaginaria o ocorrido.

Na manhã seguinte, ao se lembrar de ter deixado o Petrus à vista na residência, Jones mandou uma mensagem para a filha Lara questionando sobre a bebida. Porém, já era tarde demais.

Resultado: o pai relevou e disse que o vinho tinha que ter sido da filha mesmo, pois era de uma safra do mesmo ano que ela nascera.

Muito bem, o importante é se divertir e não ser refém de dinheiro, de vinhos, nem de nada.

Jonas, Lara e o Petrus transformado em sangria

Lara. Jones, sua outra filha Silv e o Petrus transformado em sangria

aa7fd288-68f9-401f-bde7-954e5836d8c1 439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

 

Deixe um comentário