unnamed

O prefeito Paulinho Emidio (PR) teve que recorrer a um reforço extra para conseguir que o Senado pautasse a votação para o empréstimo externo de US$ 34 milhões do FONPLATA para obras de São Gonçalo do Amarante.

Depois de viabilizar os projetos e demonstrar a capacidade de endividamento do município, o prefeito passou por um penoso caminho para conseguir lugar na fila das pautas. Viu a fila andar com projetos posteriores ao seu.

Até que buscou um padrinho fora da bancada, mas que sabia poder “fazer a diferença”. .

Procurou o presidente do DEM do Rio Grande do Norte, o ex-senador José Agripino Maia, que explicou a necessidade e urgência da Prefeitura de São Gonçalo ao presidente Davi Alcolumbre , do seu DEM, que sensível ao pleito marcou a votação para esta semana ainda.

Por praxe da Casa, Alcolumbre designou o senador Styverson Valentim para relatar a matéria .

DO TL

Não se sabe o porquê da postura da Senadora Zenaide Maia em relação a liberação de quase R$ 200 milhões para um banho de obras de saneamento e estruturais na cidade em que o marido Jaime Calado foi prefeito por tantos anos.

Atualização às 15 h 12: Ao TL chega a informação que a Senadora Zenaide Maia, apesar de não ter encaminhado a matéria, participou da sessão remota e votou favorável a aprovação do empréstimo do Fonplata a São Gonçalo.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Ela tem a influência no Senado que eu tenho, sem mandato: Nenhuma.

    Procurou José Agripino, assim como boa parte do RN. Pena que ninguém disse da necessidade dele no Senado durante a campanha.

Deixe um comentário