O auditor fiscal Xenófanes Alves (Xinoca), 79 anos, faleceu na manhã deste sábado, em sua residência em Natal, onde havia montado um “home care”, desde que foi acometido de grave doença, há cerca de dois anos.

Ultimamente, Xenófanes foi infectado pelo Coronavírus, quando teve que se hospitalizar. Recuperado, voltou para casa.

Na manha de hoje, teve uma piora e veio a óbito. O sepultamento será na tarde de hoje no cemitério Morada da Paz.

Além de muitos amigos, deixa a viúva Enilda, as filhas Juliana e Carolina e quatro netos.

Deixe um comentário