53437

A bancada potiguar também mudou.

A Câmara aprovou nesta quinta-feira (17), por 470 votos a 15 o texto do relatorFelipe Rigoni (PSB-ES) que regulamenta o Fundeb.  Estava em jogo se o Fundo poderia ser usado para escolas particulares.

Em 1ª votação a Câmara Federal votou que o Fundo poderia usado, sim, para escolas particulares. A maioria da bancada potiguar com exceção dos deputados Natalia Bonavides (PT) e Rafael Motta tinha votado a favor do uso.

A matéria foi para o Senado e lá a modificada com derrota da base do Governo Bolsonaro.

Na volta, a reviravolta bem articulada pelo presidente Rodrigo Maia (DEM), que juntou o útil ao agradável, aproveitando para afagar a bancada da esquerda, ferrenha devedora do FUNDEB exclusivo para educação pública.

E COMO FICOU A BANCADA DO RN NA 2ª VOTAÇÃO? 

Votaram SIM os deputados Benes Leocádio, Carla Dickson, Rafael Motta, Natalia Bonavides e Walter Alves.

Votaram NÃO os deputado João Maia e General Girão.

O deputado Beto Rosado não votou.

Comentários do Site

  1. PedroArtur
    Responder

    Bendita EMPRESSA, eles ( deputados ) com muito medo voltaram a traz KKKKKKK bem feito bando de patetas desmoralizados.

Deixe um comentário