th (7)

Se houver mesmo a divisão do Ministério da Justiça e Segurança, o titular da Segurança será o ex-deputado Alberto Fraga, um dos líderes da bancada da bala, velho amigo de Bolsonaro e seu aliado de todas as horas.
Foi ele quem levou o assunto para a reunião dos Secretários de Segurança, cargo que já havia ocupado.
Fraga, filiado ao DEM, circula pelos gabinetes de Brasília como um “Ministro sem pasta”.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário