424d53ac-9ddd-4ee8-b874-e3486b5bc627-86723825-0e4d-494c-bd29-c612880127a9

Não chores, meu filho;
Não chores, que a vida
É luta renhida:
Viver é lutar.
A vida é combate,
Que os fracos abate,
Que os fortes, os bravos
Só pode exaltar.”

Na quinta-feira, eu e meu pai recitamos juntos Gonçalves Dias.

Hoje ele morreu, aos 88 anos, vítima de coronavírus.

Meu pai teve uma longa vida, com muitas lutas. Seu mandato de deputado estadual foi cassado e ele foi preso arbitrariamente pela ditadura militar em 1964, “acusado” de ser comunista. Nos últimos dias deu a derradeira lição: profundo amor pela vida. Lutou com humildade e coragem.

O governador do Maranhão Flavio Dino (PC do B) informou há pouco o falecimento de seu pai Sálvio Dino Jesus de Castro e Costa, advogado e membro da Academia Maranhense de Letras, foi deputado estadual, prefeito de João Lisboa.

Na última sexta-feira Dino falou à Tribuna do Norte . A entrevista chegou a ser  adiada em razão da doença do pai, que hoje teve  o triste desfecho.

À TN , o governador falou sobre Consórcio Nordeste e compra de respiradores, a abertura das escolas no Maranhão em tempos de pandemia e a necessidade da oposição ter uma conversa mais ampla para 2022. Não descartou partidos como DEM e PSDB.

Deixe um comentário