Convocação sem assinatura e comando está viralizando nas redes sociais para um “mal” que vem afetando o bolso de todos; o aumento da gasolina.

Hoje, maia uma vez, o secretário de Tributação Cadu Xavier tentou esclarecer que os valores praticados por postos do Rio Grande do Norte não tem a ver com a alíquota do ICMS, mas a política da própria Petrobras.

E por que em João Pessoa e Recife o valor é inferior?

Xavier sugeriu perguntar ao Ministério Público do Consumidor ou aos órgãos de proteção ao consumidor.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    O Governo do Estado, que controla o PROCON estadual, não chama para ver que bagunça é essa por qual razão?

    Cadu Xavier, o bem-quisto, vai dar entrevista para os entrevistadores passarem o pano. Uma vergonha. Mesma cota de ICMS, aí passa disso ele não sabe dizer, suponhe que a gasolina em outros estados é mais barato e depois manda chamar o Chapolin Colorado? Não. Tá errado!

    Tem que ter protesto, e tem que ter protesto na linguagem que o presidente, ministros, governadores, entendem… é usando o telefone mesmo! É na rua e nas redes sociais!

    Quem vê alguma movimentação da para aumentar redes de transporte férreo e aquático? Ninguém vê isso!

  2. Maria Macedo
    Responder

    É, por certo o povo do RN é mais rico que os de João pessoa e Recife…
    É de lascar!!
    Não é nada disso não, é porque aqui as coisas as coisas correm froxo, não existe fiscalização!
    Quem puder dar seis reais em um litro de gasolina, dê, quem não puder, se lasque!

Deixe um comentário