O Tesouro Nacional bateu recorde em 2020 do que bancou em dívidas de estados e municípios. Foram R$ 13, 33 bilhões, quase 60% a mais do que em 2019.

Significa dizer que todas as vezes que um estado ou município deixa de pagar uma dívida o Tesouro Nacional tem obrigação de honrá-la.

Ano passado, 14 estados deixaram de pagar mais de R$ 13 bi em dívidas. Entre eles o Rio Grande do Norte que acumulou uma dívida de R$ 148 milhões e Natal  também inadimplente com 4,50 milhões.

No passado recente, quando isso ocorria o Tesouro deixava de repassar o Fundo de Participação dos Estados e dos Municípios. Mas hoje existem liminares que impedem tais bloqueios.

As dívidas também dificultam o recebimento de novos convênios com o Governo Federal.

O que  serve de consolo para o  RN é que a situação do Rio de Janeiro é bem pior e já aderiu a um programa de recuperação  federal . O que pode ser o caminho dos primos pobres.

Deixe um comentário