megafone142713

Segue abaixo comentarista do Professor Rubens Ramos sobre coluna de Cassiano Arruda na Roda Viva e neste TL.

O tema; a verticalização da orla urbana de Natal com o novo Plano Direto.

Confiram…

Verticalizar é preciso.
Três cidades que, na história, se verticalizaram enquanto nas outras se preferia morar em casa, Roma no século I inventou e chegou a ter 40 mil prédios de 4/5 pvtos e uma população de 1 milhão de habitantes. Paris no século XVII tornou–se o modelo de cidade moderna mundial, com ruas retas e prédios de 6/7 pvtos e tornou-se uma cidade de 900 mil habitantes por volta de 1690. Por fim, Nova Iorque nos séculos XIX e XX, com o advento do elevador elétrico, do aço e do concreto, tornou-se o que é.
Curiosamente, no mundo soviético de então, habitação popular era vertical e na nova Rússia todos prédios de 4/5 pvtos em Moscou foram demolidos (cerca de 6900) para construir novos de 20+ pvtos.
Ou Natal se verticaliza, especialmente nos eixos viários e na orla, ou ficará para trás de suas vizinhas do Nordeste, e perderá relevância nesse século XXI.
A hora de mudar nosso futuro, para melhor, é agora.
Não dá mais para errar.
O momento é de acertar.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Discordo dessa “precisão” toda. Viena é uma das melhores cidades para viver na Europa, e no entanto não tem essa verticalização toda aqui apregoada. O problema não é SÓ a horizontalidade da cidade, que verticalizada se torna uma potência intergalática pelos discursos. Sejamos favoráveis mas não sejamos vaidosos ao ponto de achar que vamos engabelar as pessoas apenas com esse discurso.

Deixe uma resposta para observanatal Cancelar resposta