18 de junho de 2024
Política

José Agripino critica jogo de empurra entre Fátima Bezerra e Robinson Faria: “Quem quer, faz…”

Foi na noite de terça-feira,14, em entrevista à 98 FM, o presidente do União Brasil, ex-senador José Agripino Maia foi instado a comentar o Governo Fátima Bezerra (PT) e o retrovisor constante em relação ao antecessor Robinson Faria (PL):

Governador não tem que encontrar justificativas para isso ou para aquilo que não deu certo.

Governador tem que encontrar saídas e soluções. Foi para isso que foi eleito. 

E lembrou de sua própria experiência quando governou o Rio Grande do Norte pela segunda vez em 1991:

Eu peguei o estado numa situação dificílima, com folhas atrasadas.

Mas o que eu fiz? Cortei sete secretarias, me tranquei, vi minha popularidade despencar por um ano, mas demos a volta por cima. 

O ex-senador ainda comentou o desembarque  de seu partido na chamada terceira via capitaneada pela senadora Simone Tebet (MDB): 

Esta candidatura é uma farsa. Nós não estamos dispostos a participar desta fariam quando nem o MDB está unido em torno do nome dela. Nem mesmo o PSDB que tem alas e contra alas. 

A terceira vi naufragou quando o ex-governador João Doria não mediu esforços para vencer as prévias do partido. 

Agripino defende a candidatura de Luciano Bivar à Presidência, do União Brasil, fazendo a linha se é pra perder, que seja com alguém de casa, usando tempo de TV e fundo partidário em causa própria. 

E a causa própria tem nome e sobrenome; o pré-candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto, a quem Agripino reputa como eleito no primeiro turno e candidato fortíssimo para as eleições presidenciais de … 2026. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *