A associação sem fins lucrativos SAS Brasil tem intensificado os atendimentos, por telemedicina, em comunidades carentes de Natal e região metropolitana. Em apenas duas semanas, a instituição dobrou o número de teleconsultas realizadas, atingindo um total de 1,5 mil pessoas em seis semanas de atuação no Rio Grande do Norte.

O resultado da iniciativa foi conquistado graças à parceria com a distribuidora de combustíveis ALE, que doou R$ 390 mil para viabilizar o projeto com a implantação da primeira base do SAS Brasil na região para a realização das teleconsultas.

Em Natal, grande parte do atendimento está concentrado na região Norte, na comunidade Mãe Luiza e no bairro Cidade Nova, local onde fica a sede da ALE. Segundo Sávio Mourão, diretor do SAS Brasil, além dos 1,5 mil teleatendimentos, a instituição estima um impacto social positivo em cerca de 2.580 pessoas.

Na avaliação do presidente do Conselho de Administração da ALE, Marcelo Alecrim, os resultados do SAS Brasil demonstram a importância da iniciativa para desafogar as unidades básicas de saúde do estado, que vêm sofrendo com as altas taxas de ocupação. “Temos a convicção de que o recurso que doamos foi direcionado para uma instituição que está desempenhando um importantíssimo trabalho, principalmente em função da pandemia, aliviando o sistema público de saúde que entrou em colapso. Esperamos que mais pessoas possam ter a experiência da teleconsulta, que pode salvar milhares de vidas”, afirma.