Vereador solicita ao Governo do Estado permanência de leitos de UTI de retaguarda em Mossoró

O Professor Francisco Carlos solicitou nesta terça-feira (09), durante sessão ordinária remota da Câmara Municipal de Mossoró, a manutenção de contrato de 10 leitos de UTI de retaguarda do Governo do Estado com o Hospital Wilson Rosado, de acordo com autos da Ação Civil Pública nº 0004715-12.2012.4.05.8400. A iniciativa do Professor, que teve apoio de mais seis vereadores, tem o objetivo de assegurar a continuidade da oferta desses leitos para os mossoroenses e pessoas de outras cidades que são atendidas na capital do Oeste Potiguar.

“O Governo do RN afirma ter aberto novos leitos no Hospital Regional Tarcísio Maia e por isso sinaliza pela rescisão. Porém, a manutenção do contrato no Wilson Rosado se mostra necessária já que os leitos instalados no Tarcísio Maia podem não ser suficientes para atender a extensa demanda de pacientes”, disse o vereador.

Os eventuais custos decorrentes dos 10 leitos de UTI só se concretizarão caso sua utilização se efetive. Ou seja, se os leitos não forem ocupados, não haverá despesas a serem pagas pelo Governo do Estado. “Então, é da maior importância a manutenção desse contrato, já que, em caso de necessidade, os pacientes poderão ser assistidos, garantindo não apenas seu bem-estar, como também evitando a possibilidade de um óbito por demora ou falta de assistência.”, afirmou o Professor.

Os vereadores Larissa Rosado, Carmem Julia, Pablo Aires, Lucas das Malhas, Lamarque Oliveira e Naldo Feitosa assinaram o ofício em demonstração de apoio à solicitação do Professor ao Governo do Estado.