Está sendo finalizada hoje a Paris Fashion Week.

E, realmente, Paris, a cidade e sua moda-e-grandes-grifes fizeram sua parte, botaram pra quebrar nos desfiles e levaram o mundo pra lá.

Pelas redes sociais percebia-se que Paris tinha virado uma feessta!! Todas as celebridades “in” e blogueiras idem fizeram pitstop na cidade..

Muitas produções bancadas pelas grifes globais, incluindo prévias e desfiles super produções. Aliás, estes voltaram à tona com tudo!! Bom pra todos. É Paris ensinando ao mundo a fazer moda e trazer divisas.

Maaasss, e as tendências de moda?? Impossível apontá-las. Acabou a uniformidade e imperou a pluralidade. Cada grife ou estilista, baseado no posicionamento que desejam transmitir ou vender, desenvolvem suas tendências.

Então, podemos chegar a conclusão que cada um pode usar o que bem entender, fazer a sua própria moda, ou o seu próprio estilo.

Só uma ponta de tristeza: ver algumas roupas tão bacanas, tão bem feitas com o “mood” de qualidade que só o mercado francês sabe tão bem fazer, sendo usadas com tênis ou sapatos grosseiros, achatando qualquer contexto de elegância. Ou sendo usadas de formas “inusitadas” pra chamar a atenção da mídia…

Grifes ou marcas muitos podem ter, e têm mesmo, agora, elegância é outro quesito.

Não existe mais tendência única e universal: a pluralidade impera

Não existe mais tendência única e universal: a pluralidade impera

Logo Anninha Logo Fabi Logo Bebeto

Deixe um comentário