201208-capa2.jpg-1

Depois de muitas cobranças pelas redes sociais, o Instituto Butantan divulgou uma nota nesta terça-feira, 27, para que restassem dúvidas sobre a responsabilidade da logística de distribuição e administração da vacina Coronavac aos municípios brasileiros.

O Butantan esclarece que a logística de distribuição das doses da Coronavac e como estados e municípios devem atuar para garantir a aplicação da 2ª dose são de responsabilidade do Ministério da Saúde, e não do Instituto.

A recomendação do Butantan é tomar a 2ª dose até 28 dias depois da 1ª, mas mesmo que esse prazo seja ultrapassado, é preciso receber as duas doses para que a imunização seja considerada completa.

Tomar a 2ª dose é fundamental.

O Butantan já entregou 41,4 milhões de doses da vacina contra Covid-19 ao Ministério da Saúde e segue trabalhando dia e noite para garantir novas entregas ao Brasil. #Podeconfiar #ÉdoButantan #VacinadoButantan #Butantan120Anos

Depois de enfrentar uma guerra para dizer que sua vacina imunizava a contento, era só o que faltava pagar pela incompetência de quem deveria zelar pela logística dos estados brasileiros.

Deixe um comentário