img_4303-1.jpg

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (3), a Operação Cartão Vermelho, que investiga supostos desvios de recursos públicos destinados ao hospital de Campanha montado no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

São cumpridos 27 mandados de busca e apreensão na capital cearense, em São Paulo e em Pelotas (RS).

A operação decorre de inquérito instaurado em junho e apontou indícios de atuação criminosa de servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza; de gestores e integrantes da comissão de acompanhamento e avaliação do contrato de gestão; de dirigentes de organização social paulista contratada para gestão do hospital de campanha; e de empresários.

A investigação aponta prejuízos de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos.

O deputado federal General Girão, que é cearense, mas foi eleito deputado federal pelo Rio Grande do Norte comemorou o a Operação e vaticinou que o Rio Grande do Norte deverá ser o próximo:

Hoje a PF está com a Op COVIDÃO no Ceará. Oba!Estão chegando perto do RN.

Consórcio Nordeste vai se reunir na cadeia. 

Deixe um comentário