7DA2189BE0A80DA693E94F7EBC37EA9F822B_cpipenitencia

O que esperar das duas CPIs que bateram às portas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, foram protocoladas e aguardam os trâmites legais da Casa?

Uma vai matar a outra, respondeu um privilegiado observador da cena  a este TL…

Isso sem adentrar no mérito das fiscalizações que se propõem, claro. Mas a força política de cada uma.

Enquanto a CPI da Arena das Dunas conta com 8 deputados da base governista entusiastas das investigações do contrato pactuado pelo Governo Rosalba Ciarlini (PP) com a empresa , a CPI das Ambulâncias tem 9 deputados de oposição ávidos por aprofundar as investigações dos contratos pactuados durante a pandemia pelo Governo Fátima Bezerra (PT). 

A turma da CPI das Ambulâncias é a mesma que travou a votação remota da Reforma da Previdência, já a  da Arena tinha como plus os holofotes nas eleições de Mossoró e no possível desgaste à candidatura da prefeita Rosalba.

Como um xadrez de avanços e recuos, um fim de jogo que terá uma parada obrigatória ; a votação da Reforma da Previdência com data limite para ser votada em 30 de setembro.

E aí, pelo bem geral do RN, as CPIs terão que ser pausadas com a perspectiva de um interlocutor mais forte e necessário; para ambos os lados; a sua excelência o Governo .

Deixe um comentário