images-2

Faltou articulação. Pior, faltou entendimento entre o próprio Governo Fátima Bezerra e a base aliada.

Leia-se deputado George Soares (PL) que ontem chegou a fechar a acordo com o deputado Galeno Torquato (PSD)para tirar de pauta a matéria dos Consórcios da Saúde.

A Oposição não queria pressa sem antes ouvir os municípios.

Uma precaução para evitar outro PROEDI, projeto mal costurado e mal acabado.

Acordo fechado até ontem. Hoje, o Governo recuou, desautorizando o trato assumido pelo líder.

Sem tempo!

O presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) colocou em votação e a maioria votou pela retirada de pauta.

Além da derrota, o Governo ainda chega  ao recesso com uma puxada de orelha, de leve, do presidente:

-“Costumo dizer que o acertado sai barato. Por isso meu voto pela retirada de pauta é o de deputado estadual e não de presidente.”

 

 

Deixe um comentário