cf186e10-834c-11eb-afe7-4524cf379850

Do Radar na Veja 

A rodada de agosto da pesquisa XP-Ipespe mostra que a popularidade do governo de Jair Bolsonaro continua em queda.

Depois de chegar a 52% de “ruim e péssimo” na rodada de julho, a pesquisa de agosto mostra agora que são 54% os entrevistados que consideram negativa a gestão de Bolsonaro no Planalto.

A fatia de entrevistados que considera o governo regular caiu de 25%, no mês passado, para 23% agora. Os que consideram o govern “bom ou ótimo” são 20%. Eram 21% no mês passado. Outros 2% não opinaram.

LULA SOBE E BOLSONARO CAI 

A nova rodada da pesquisa XP/Ipespe registra continuidade na tendência de crescimento das intenções de voto no ex-presidente Lula. No levantamento de agosto, ele aparece com 40%, dois pontos percentuais a mais que na pesquisa anterior, enquanto Bolsonaro tem 24%, dois pontos a menos que na última sondagem.

Esta é a quinta pesquisa em que o ex-presidente repete a tendência de alta – ele tinha 25% em março, quando seu nome voltou a ser testado.

Atrás dele e de Bolsonaro aparecem Ciro Gomes (10%), Sérgio Moro (9%), Mandetta e Eduardo Leite (4%).

O petista também lidera cenário alternativo, em que João Doria (5%) é testado no lugar de Leite e em que são incluídos Datena (5%) e Rodrigo Pacheco (1%) e é excluído Sérgio Moro.

Nesse cenário, Lula tem 37% e Bolsonaro, 28%. Lula também continua registrando crescimento no levantamento espontâneo, quando o nome dos candidatos não é apresentado ao entrevistado: ele passou de 25% para 28%, enquanto Bolsonaro segue estável com 22%.

BOLSONARO PERDERIA PARA TODOS NO 2º TURNO 

Levantamento XP-Ipespe de agosto mostra que Jair Bolsonaro perderia no segundo turno para todos os nomes hoje colocados na disputa ao Palácio do Planalto.

De Lula a Ciro Gomes, passando por Sergio Moro e João Doria, Eduardo Leite e Mandetta. Todos venceriam o presidente no confronto final.

Lula, por sua vez, não perderia no segundo turno para nenhum dos nomes atualmente colocados na disputa.

BOLSONARO TEM HOJE MAIOR REJEIÇÃO 

Em matéria de rejeição, 61% dos entrevistados não votariam em Bolsonaro “de jeito nenhum”. Já Lula é rejeitado por 45% dos entrevistados. Os que votariam em Bolsonaro “com certeza” são 23% contra 38% de Lula.

PREFEITOS E GOVERNADORES TÊM MELHOR AVALIAÇÃO 

A nova rodada da pesquisa XP-Ipespe mostra que, enquanto Jair Bolsonaro perde popularidade, os governadores ampliam a margem positiva de avaliação.

Agora, os mandatários estaduais têm 33% (ótimo e bom) e 39% de regular. A parcela de entrevistados que considera as gestões dos estados “ruins ou péssimas” caiu a 26%. No mês passado, essa fatia era de 28%.

O mesmo fenômeno ocorre com prefeitos. As administrações municipais têm 49% de “ótimo e bom”, 33% de “regular” e apenas 14% de “ruim ou péssimo”.

Bolsonaro, como mostra o Radar, tem avaliação negativa de 54% nessa rodada de agosto.

Foram realizadas 1.000 entrevistas, de abrangência nacional, de 11 a 14 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Em 2018, Bolsonaro só ganharia de Haddad. Ganhou. Era óbvio, mas o PT só enxerga seu umbigo.

    O resto é para desespero dos bolsonaristas doentes.

Deixe uma resposta para observanatal Cancelar resposta