212189-970x600-1

Roda Viva – Tribuna do Norte – 07/06/20

A questão dos títulos de propriedade no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves está renascendo vinte anos depois.

Um grupo de proprietários de terras desapropriadas e não totalmente pagas, que questionou o valor das indenizações pagas eles, está se articulando para melar o novo leilão, já anunciado, uma vez que a atual concessionária desistiu de cumprir o contrato vigente de gestão do aeroporto.

A tese é que o Governo não pode vender o que ainda não pagou e isso vai ser dito ao Ministro da Infraestrutura.

Deixe um comentário