0By31DVzdkJPvHFJ3LBqzZWU4M1L7AzKxY2zEA0O

A CPI da Covid na Assembleia Legislativa teve seus primeiros depoimentos na tarde de terça-feira, 11.

A Comissão interrogou a Assistente Técnica da Secretaria de Saúde, Vanessa Dantas Martins e o Diretor Geral da UNICAT, Rolfo Cavalcante de Medeiros, que participaram do processo de aquisição dos equipamentos.

Com 11 anos de trabalho na Saúde estadual, Vanessa disse que jamais tinha passado por uma situação como essa que necessitou de muita urgência porque não havia equipamentos no mercado e eles tinham que ser comprados com urgência, para abastecer os hospitais e as unidades de Saúde.

Sempre trabalhei pensando em salvar vidas. Precisávamos proteger os servidores que estavam na linha de frente para salvarem outras pessoas.

Tive que agilizar os processos com base na pesquisa mercadológica. Trabalhei de domingo a domingo. Se não fosse a compra dos equipamentos teria morrido mais gente no Rio Grande do Norte”, disse Vanessa quando questionada sobre o processo de aquisição.

Hoje, com a repercussão pela imprensa, alguns secretários do Governo Fátima Bezerra saíram em defesa dos funcionários.

Cadu Xavier , da Tributação, disse que esses funcionários mereciam homenagem e não constrangimento em CPI:

 

Muito mais do que trabalhadores, os servidores da @SesapRN foram verdadeiros heróis durante as fases mais críticas da pandemia.

Dias e noites de trabalho ininterruptos para aquisições de EPI, medicamentos e equipamentos. Ao invés de constrangidos, eles deveriam ser homenageados. 

Aldemir Freire, Planejamento, também saiu em defesa dos funcionários da Secretaria de Saúde:

Os servidores da #SESAP merecem reconhecimento e não constrangimento.

Toda minha solidariedade aos profissionais da saúde do RN que deveriam ser tratados como heróis e não com suspeição. #ServidoresDaSesapMerecemRespeito

Deixe um comentário